Que o novo técnico do Bahia dê certo e acerte o que anda mais do que errado

"Já vimos essa história antes, Sant’Ana, taí que não me deixa mentir.."

Tudo como dantes no quartel de Itinga! Os ‘expectos’ dos Guimarães e Sant’Ana rodam as paisagens bucólicas do local, vira e mexe, traz este e aquele, mantém o esqueleto, e nada de novo acontece, e a rotina é a mesma, a triste sina do REBAIXAMENTO, a ida e volta da primeira para segunda assombra a todos nós! Todo um planejamento do futebol e financeiro, pode ir para abaixo, em mais um decesso vexatório! Será? Espero que não!

Torço fervorosamente para que o novo técnico, dê certo, e acerte o que anda mais do que errado! Inimaginável, em razão do elenco atual, que na prática não corrobora com a teoria, de um dos melhores dos últimos tempos. O que é que há elenco, Guto, tem lá sua culpa, mas o grupo também é cúmplice, é o principal personagem dessa tragédia anunciada, a cada partida em campo, contudo ainda temos tempo de mudar o roteiro, e ter “The End”! Um final quem sabe melhor ainda que do ano passado.

Tem algo de estranho, proporcional ao tamanho da nação tricolor! Enquanto isso, o prazer, o amor, mesmo no dia dos namoros, vão ficando ofuscado, a alegria de torcer para o Bahia, entristecer-se em vê-lo em campo. E um time quem têm milhões de corações vibrando uníssimo, por mais um Bahia, ao invés disso, indignadamente ver arrefecer sua devoção, não há coração que resista aos gols perdidos pelo Élber e companhia.

Somos Bahia e não masoquistas, podemos e somos ufanistas, temos em cada de nós, no âmago de nossas almas um pouco do Binha. Um pouco do Bahia grande, que hoje reconheço, só o é, na sua gloriosa conquistas de 59 e 88. Nossa grandeza hoje se resume na torcida! Fomos e somos um time de primeira, primeira vez campeão Brasileiro, primeira vez a disputa uma Libertadores da América, primeira vez a eleger um presidente pelo sufrágio universal, e uma torcida de primeira entre todas do Nordeste!



No entanto são os nossos dirigentes, que persistem em serem de segunda, nosso elenco que quer ser de segunda, o técnico que já foi tarde, que é de segunda. O Bahia não é de segunda, o elenco atual é que julga ser! E urge mudar esse conceito na cabeça dos atletas que tanto sacrífico financeiro, estão com os seus robustos salários, que não faz jus ao que apresentam em campo, em dias! Então o que é que há Bahia!

Antes da temporada quando os dirigentes ajustava a casa, buscava, manter as peças bases, do ano passado, acrescentando novas contratações: Douglas, Léo, Nino Paraíba, Elton, Nilton, Gregore, Élber, Kayke, recentemente Gilberto, que ainda não entrou no enredo, e Allione, este último foi e voltou, foi como garçom em assistência, voltou como assistente de garçom do BAR FC. É brincadeira!?

Ninguém desaprende a jogar da noite para o dia! Mesmo perdendo muitas noites por aí, o que não é o caso deles, creio piamente! Então qual o problema meus caros, foi o Guto, este foi-se? Só estou querendo resolver, não sou nenhum coach, psicólogo, nem mesmo de boteco, ou coisa parecida, mas sou torcedor, e meu amor ao Bahia é tão grande quanto o amor a Dona Menina Joana D’arc de Azevedo Rosa Sampaio, minha eterna namorada.

E em pleno mês de dia dos namorados, meu outro amor, tá em baixa, tá na zona! Sem vergonha na chuteira, sem moral, sem brio, sem atitude, sem respeito àqueles que o ama. Ninguém merece esse castigo, a culpa é do ex-técnico, do elenco. Dizem que hoje, quarta-feira que não é de cinzas, a Fênix baiana renascerá, e quiçá voá-la da zona para uma um ponto mais digno da tabela. Sim até que fim, dizem… após o jogo entre Bahia x Corinthians, haverá o anúncio oficial do tão esperado novo técnico, isto após 12 longos dias de em vão especulação, desde e aquele.

Já vimos essa história antes, Sant’Ana, taí que não me deixa mentir, e olha que foi sutilmente criticado pelo o atual, por ter demorado pra trazer Carpegiani, e ele faz o mesmo. Estamos pensando, estamos sendo criteriosos, não queremos apagador de incêndio, Taí o porquê da Fênix, se há incêndio deve haver, após apagar este as cinzas! Assim sendo tudo dantes no quartel de Itinga, mas até quando Senhor Presidente? Quanto ao expectro, a assombração do decesso, vai-te retro Satanás, no bom baianês, “Xô Satanás”.

Lázaro Sampaio, torcedor do Bahia, amigo e colaborador do Futebol Bahiano.

VEJA TAMBÉM: Meia do Bahia recebe proposta do futebol árabe e pode estar de saída

Deixe seu comentário