Vitória segue buscando reforços e atento ao mercado internacional

Apesar de ter anunciado meia dúzia de reforços para o Campeonato Brasileiro, o Esporte Clube Vitória segue atrás de contratações para qualificar o elenco. Nos últimos dias, o Leão anunciou Wallyson, Jeferson, Aderllan, Lucas Fernandes, Elias, etc. E mais nomes estão previstos para chegar, é o que garante do presidente Ricardo David, que destacou em entrevista ao Globoesporte à procura por nomes no mercado internacional.

O mandatário destacou a dificuldade para se contratar jogador no mercado brasileiro e indicou que assim que aberto a janela de transferência do futebol europeu, a diretoria pode buscar novidades fora do nosso cercado para report as as saídas de David, que foi para o Cruzeiro, e Tréllez, que acertou com o São Paulo. E que o Leão precisa capacitar o setor ofensivo com atletas de força e velocidade.

Veja abaixo:



“Claro. [Procurar reforços no mercado internacional] faz parte do planejamento nosso. Já acabamos de trazer aí, anunciamos o Aderllan, é um grande zagueiro. Está dentro do nível de expectativa que nós esperávamos. Temos que trazer aí um novo zagueiro. Estamos em negociações aí com outro zagueiro. A gente precisa aí repor. Perdemos aí David e Tréllez, e a gente precisa voltar a capacitar o setor ofensivo do Vitória com jogadores de características parecidas. Força e velocidade. Estamos buscando. O mercado não é muito ofertante. Não é fácil hoje dentro do mercado brasileiro buscar jogadores no nível que precisamos. A janela internacional está fechada e não podemos fazer transferência de jogadores que estão em atividade, porque nesse momento as janelas estão fechadas.

Então nós estamos monitorando os atletas e, não encontrando no Brasil, que ao que parece não vamos encontrar… Por exemplo, o Copete. Buscamos o Santos, mas no último jogo o Copete foi titular do Santos em jogo de Libertadores. É muito difícil a liberação desse atleta. Tentamos o Lucca do Corinthians, mas foi para o Internacional. Estamos monitorando outro e a decisão é exatamente essa. Buscar qualificar. Como fizemos com o Aderllan, o Wallyson e o Lucas Fernandes, que são atletas que estavam no mercado, que já puderam se integrar ao Vitória e buscar os outros reforços dentro dessa janela que se abre em junho. Estamos aí no início e temos ainda um longo Campeonato Brasileiro para prosseguir. É preciso fazer as contratações corretas. O Vitória não tem o direito de errar nessas contratações”

Ricardo David fala sobre dívida do Vitória S/A, déficit, PROFUT e gestões

Deixe seu comentário