Na súmula, Juiz insiste no erro e relata reclamação de presidente do Fla

Dizem que errar uma vez é humano, mas duas vezes… Pois é. O árbitro Wagner Reway, responsável por várias lambanças no jogo Vitória 2 x 2 Flamengo, insistiu no erro grosseiro que cometeu e escreveu na súmula que houve sim o toque de mão do meia Everton Ribeiro, mesmo com todas as imagens mostrando que foi no rosto. Ele destacou que deu o pênalti e expulsou o jogador por impedir um gol ou acabar com uma oportunidade clara de gol, com uso intencional de mão na bola”.

O árbitro assistente, que fica atrás do gol, fez papel de estátua e – assim como os bandeirinhas – não corrigiu o erro, certamente por não ter visto o lance de muita rapidez. No intervalo do jogo, o presidente do Flamengo, Bandeira de Melo, foi reclamar com o quarteto de arbitragem e usou o termo “VERGONHA” para classificar o lance. Foi justamente o que relatou o árbitro Wagner Reway na súmula. Veja abaixo:


“Enquanto a equipe de arbitragem se deslocava para o vestiário o presidente do Flamengo sr. Eduardo Bandeira de Melo, posicionou-se em frente ao vestiário e quando estávamos passando proferiu palavras de reclamação contra a arbitragem: “isso é uma vergonha o que você está fazendo”, escreveu Wagner Reway.

CONFIRA:

Confira os erros capitais da arbitragem no jogo Vitória 2 x 2 Flamengo

Deixe seu comentário