Jogadores e funcionários do Bahia ajudam menina portadora de leucemia

Kátia Santos, mãe de Rayssa, celebrou a visita e os donativos

Em meio a tanto mau exemplo dentro (e fora) de campo que envergonha o futebol da Bahia, ao menos uma boa notícia nesta quinta-feira, aliás, ótima notícia isto sim deveria servir de exemplo para todos. Jogadores e funcionários do Bahia ajudaram a pequena Rayssa, de 7 anos, que é portadora de leucemia e a luta contra a doença inclui um medicamento que custa R$ 7,5 mil uma dose. Em visita ao Fazendão, a menina conheceu os atletas do tricolor e recebeu além de abraços e palavras de incentivo, R$ 20 mil em doações feitas por atletas, comissão técnica e funcionários do clube.

Kátia Santos, mãe de Rayssa, celebrou a visita e os donativos. “Através da nossa campanha conseguimos chegar até o Bahia. Foi uma satisfação imensa ver minha filha abraçada por todos. Quero agradecer a Vinícius, Allione e a um grande amigo, Eduardo. Foi através dele que chegamos ao clube. Desejo ao Bahia que eles tenham uma boa vitória. A família toda abraçou a causa e estamos bastante confiantes de que isso tudo vai passar”, declarou.

Rayssa não escondeu a sua felicidade. “Foi muito bom porque nem todo mundo tem essa oportunidade! Eu gosto muito do Vinícius e do Allione. Estou conhecendo todos hoje, mas gravo os nomes. Não sou muito fã de ver jogos e só gosto de ver quando o Bahia faz gols”, disse. Para colaborar com a causa, os interessados podem acessar o Instagram @rayssacausanobre.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*