Veja o vídeo: Torcedores uruguaios imitam avião em jogo contra a Chape

Logo após o acontecimento, o Nacional-URU identificou um torcedor e puniu

A imbecilidade do ser humano continua se superando a cada dia. Na última semana, em jogo entre o Nacional e Chapecoense, na última quarta-feira, em Chapecó, pela Copa Libertadores, torcedores do clube uruguaio imitaram aviões em alusão à tragédia aérea que envolveu o clube catarinense em novembro de 2016 e vitimou 71 pessoas na Colômbia. Em campo, a Chape foi derrotada por 1 a 0.

Logo após o acontecimento, o Nacional-URU identificou um dos torcedores e aplicou uma punição. O sujeito foi expulso do quadro de sócios do clube nesta sexta-feira (2). Além de excluir do torcedor, que não teve o nome identificado, o Nacional recomentou às autoridades que proíbam o homem de entrar em qualquer evento esportivo, incluindo partidas da própria equipe.

Segundo o site oficial da agremiação, a expulsão é baseada no artigo 51 do estatuto. “A conduta insensível do associado, titular do número de sócio 108.733, na partida disputada contra a Chapecoense pela Libertadores, foi sem qualquer senso de dignidade humana e ofensivo à conduta ética tradicional da instituição”, diz parte do comunicado emitido pelo clube.

Em abril do ano passado, em uma partida de handebol em Portugal, torcedores do Porto usaram a tragédia com a Chape para provocar a torcida do Benfica. Os gritos de “Quem dera, se o avião da Chapecoense fosse do Benfica”. No mesmo mês, a torcida do Criciúma entoou cantos de “ão ão ão, abastece o avião” em uma partida entre Chape e Tigre, pela última rodada do Catarinense. Na época, a diretoria do clube tricolor repudiou a atitude.

Veja o vídeo dos uruguaios:

Em vídeo, Warley desabafa “Fui ferido a facadas e a verdade vai prevalecer”

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*