Difícil um jogador do Nordeste chegar a Seleção Brasileira

Dizem os estudiosos que o primeiro jogador que atuando por um clube do Nordeste chegou a Seleção Brasileira de profissionais, foi Mica que atuava no Botafogo-BA hoje em dia praticamente extinto. Mica se destacou no Campeonato Brasileiro de Seleções e no embalo foi convocado para a Seleção Brasileira, mas isto foi lá em 1923. Desconfio, apenas desconfio, que nem mesmo amigo Vovo-Mundico tinha nascido nesta época tão distante.

Antes era preciso sair do Nordeste para jogar no Rio ou São Paulo, hoje temos uma nova escala, é preciso jogar na Europa ser valorizado e voltar como convocado, até mesmo aqueles que já atuam no timão, mengão e fluzão e coisa e tal. Ainda assim, Henrique, Zé Alves,, Otoney,, Wassil Vicente Arenari, Baiaco, Zé Carlos Charles, Luis Henrique jogando pelo Bahia foram convocados. Russo Nádson e Dudu Cearense pelo Vitória.

Hoje em entrevista aos jornais de Recife, o goleiro Magrão, respeitado em Pernambuco e ídolo do torcedor do Sport-PE já em fim de carreira com seus 40 anos lembra que seleção brasileira já é um sonho distante, à beira do impossível. O camisa 1 do Leão nega desapontamento por nunca ter sido chamado para defender a Canarinho, porém julga que a sua convocação foi impedida pelo fato de atuar em uma equipe do Nordeste.

“Acredito que, se tivesse jogado em um time lá para baixo (do mapa do Brasil), acredito que em algum amistoso teria sido lembrado. Mas não tenho nenhuma frustração. O clube que defendo me dá todas as condições para eu ser feliz. Doze anos aqui, e não tenho nada a reclamar”, falou.

O último jogador que atua no Nordeste convocado à seleção brasileira foi justamente um companheiro de time de Magrão, o meia-atacante Diego Souza. DS87 jogou quatro partidas neste ano na Canarinho sob o comando do técnico Tite: duas pelas Eliminatórias da Copa do Mundo e outro par de amistosos.

Antes do sonho de jogar pelo Brasil, Magrão disse que o seu objetivo maior foi sempre defender um time de ponta do futebol nacional, grupo no qual ele inclui o Rubro-negro. “Meu sonho maior de jogar em um grande clube. Graças a Deus, consegui isso aqui no Sport.”

Deixe seu comentário