Bahia 2 x 0 Sport – Nota dos jogadores do Bahia

O Bahia se isolou na liderança da Série B do Campeonato Brasileiro. Na tarde deste sábado, no estádio Pituaçu, a equipe comandada por Renato Gaúcho derrotou o Sport por 2 a 0 e manteve a invencibilidade na competição e tomou de volta à liderança da competição.

Agora com quatro vitórias e apenas um empate na Série B, o Bahia passou a somar 13 pontos ganhos. Já o Sport faz má campanha: só tem um ponto até então, pois empatou com o Guaratinguetá na segunda rodada. O Bahia volta a campo na próxima terça-feira, dia 1º de junho quando enfrenta o Icasa que ocupa a 11º colocação. Destaque da partida foi o goleiro Omar que fez três defesas dificílimas no segundo tempo. Veja avaliação dos jogadores do Bahia no jogo contra o Sport.

Omar: Fez três defesas dificílimas no segundo tempo, mas ainda precisa melhorar a reposição da bola com os pés. 8,0

Apodí: Foi bem na defesa e regular no apoio. Continua sem cruzar com precisão. Sofreu um penati que o juiz não marcou. 6,5

Nen: Jogou com seriedade de sempre, mas deixou o atacante do Sport cabecear uma bola livre no segundo tempo. 6,5

Alisson: Fez uma boa partida, se antecipando bem as jogadas e ganhado quase todas por baixo. 7,5

Ávine: O nome do jogo. Defendeu bem e foi fundamental nos contra-ataques. Fez um lindo gol. 8,5

Bruno Silva: Foi bem no primeiro tempo, mas na segunda etapa começou a querer sair com a bola demasiadamente, perdendo algumas boas chances de contra-ataques. 6,0

Marcone: Jogou com muita seriedade e ainda arriscou o ataque. 7,0

Ananias: Saiu muito cedo devido a uma pancada no rosto. Sem nota

Abedi: entrou no lugar de Ananias e não produziu muita coisa, a não ser um chute de fora da área que Magrão defendeu. 5,0

Leandro: Entrou muito bem no lugar de Abedi e não tomou cartão, o que é raridade. 7,0

Vander: Jogador muito promissor. Carrega a bola com segurança, sabe prender bem a bola quando é preciso e quase não erra passes. Foi bem também quando precisou defender. 8,5

Rogerinho: No primeiro tempo, mesmo errando alguns passes, foi uma das melhores opções de criação e até fez um gol. Na segunda etapa caiu muito de produção. 6,5.

Rodrigo Grahl: Teve uma atuação discreta. 6,0

Itacaré: Entrou com muita disposição, mas falta categoria. 6,0

Renato: Colocou o time que a torcida queria, mas errou ao substituir Ananias por Abedi, porque fez o Bahia perder ímpeto ofensivo, passando a jogar com 3 volantes no meio.

Sport: Entrou com uma formação muito defensiva, com 3 volantes e apenas um atacante isolado e por isso, teve dificuldade em fazer a bola chegar em Joilson. Chamou atenção o meia Kássio, que carrega muito bem a bola.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*