Ex-atacante do Vitória se diz motivado para defender o ABC em 2023

No clube paranaense, o jogador disputou 77 jogos, com 10 gols marcados e 5 assistências.

Foto: André Jonsson/OFEC

Um dos reforços anunciados pelo ABC para a temporada 2023, o atacante Felipe Garcia se diz motivado para defender o clube potiguar na temporada 2023. Essa será a segunda vez que ele atua no futebol nordestino. Em 2019 e 2020, teve uma passagem pelo Vitória, atuando 32 jogos, com 2 gols e 2 assistências. Nas últimas duas temporadas, defendeu o Operário, onde disputou 77 jogos, com 10 gols marcados e 5 assistências. No ABC, ele terá as concorrências de Fábio Lima, Paulino Moccelin e Maycon Douglas, além dos garotos Romário, Gil e Myke, da base.

 

“Muito feliz pela oportunidade de estar representando o clube, sabendo da sua grandeza, de tudo que representa para a cidade e para a região. Estou feliz e motivado para entrar em campo logo, estar representando da melhor forma, fazendo gols, vir forte no primeiro semestre para dar continuidade no trabalho que o ABC vem fazendo. Minha expectativa, particularmente, é me adaptar o mais rápido possível ao clube e aos meus companheiros para podermos ter sucesso e alcançar todos os nossos objetivos da temporada. Estou feliz e muito animado”, afirmou em entrevista ao GE.

Natural de Porto Alegre (RS), Felipe Garcia Gonçalves começou no São José (RS) e em 2009 se transferiu para o Naestved, da Dinamarca. Após duas temporadas no futebol dinamarquês, retornou ao Brasil para defender o Aimoré em 2012. Acumula passagens ainda por Santo Ângelo e Pelotas. Em 2014, foi contratado pelo Brasil de Pelotas, onde teve maior destaque da sua carreira. Em três anos pelo clube, atuou 100 vezes e marcou 19 gols, 15 deles na temporada 2016 em que entrou em campo 47 vezes e foi vice-artilheiro da Segundona pelo clube gaúcho.

Em 2017, o atacante se transferiu para o Nagoya Grampus do Japão e por lá marcou 4 gols em 21 jogos. Foi emprestado ao Goiás na temporada 2018 e fez parte do grupo que conquistou o acesso à Série A. Porém, fez apenas 21 jogos (11 deles pelo Brasileiro da Série B e marcou 1 gol), antes de acertar com o Vitória, onde atuou 24 jogos, com 2 gols e 2 assistências na temporada 2020. Em 2021, disputou oito jogos pelo Rubro-Negro, antes de sair para jogar na Chapecoense. Em 2021 e 2022, defendeu o Operário Ferroviário.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário