Série A de 2023 pode ter quase metade dos clubes no modelo de SAF

Série A de 2023 pode ter até 40% dos clubes participantes Sociedades Anônimas de Futebol.

A Sociedade Anônima do Futebol (SAF) chegou para ficar no futebol brasileiro. Após o ex-atacante Ronaldo Fenômeno adquirir o Cruzeiro, vários outros clubes foram pelo mesmo caminho para tentar se reerguer, casos de Botafogo e Vasco. Criada em agosto de 2021, a Lei da SAF vem sendo alvo de cobiça por parte de vários clubes. O jornalista Bruno Marinho, em matéria para o Jornal O Globo, destaca que a Série A de 2023 pode ter até 40% dos clubes participantes Sociedades Anônimas de Futebol. Três times garantidos na elite aderiram ao modelo: Botafogo, Red Bull Bragantino e América-MG, além dos recém-chegados Cruzeiro e Vasco, que conquistaram o acesso na Série B 2022.

 

O Vasco foi adquirido pela 777 Partner esse ano e garantiu o retorno à Série A 2023 derrotando o Ituano por 1 a 0 no Novelli Júnior, na última rodada da Série B. Outro clube que garantiu o retorno à elite do futebol brasileiro e está próximo de se tornar uma SAF é o Esporte Clube Bahia, que já acertou todos os detalhes com o Grupo City. A proposta de R$ 1 bilhão por 90% está sendo analisado pelas Comissões e no dia 3 de dezembro será levada para votação dos sócios-torcedores. O Tricolor Baiano conquistou o acesso vencendo o CRB por 2 a 1 no Estádio Rei Pelé, em Maceió, um ano após o rebaixamento.

Com o Cuiabá praticamente garantido na Série A, ele se juntará a América-MG, Red Bull Bragantino, Botafogo, Cruzeiro, Vasco e Bahia, totalizando sete SAFs na Série A em 2023. O oitavo time pode ser o Atlético-MG, que avança na prospecção de interessados em comprar o controle da empresa que o clube de Belo Horizonte pretende criar para tocar o futebol. A ideia do Galo é vender a parte do clube por um valor superior a R$ 1 bilhão. A Lei da SAF já foi aprovada pelo Conselho Deliberativo do clube mineiro e já existe um investidor encaminhado. No próximo ano, outras agremiações devem aderir ao modelo, buscando uma forma de fortalecer para tentar conquistas importantes.

 

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário