Ex-Bahia, Juninho Capixaba está na mira de sete clubes da Série A

Juninho Capixaba tem contrato com o Fortaleza até o final deste ano.

Foto: Marcos Ribolli

Peça importante na recuperação do Fortaleza no returno do Campeonato Brasileiro da Série A, o lateral-esquerdo Juninho Capixaba entrou na mira do São Paulo para a temporada 2023. O clube paulista vai em busca de um substituto para o veterano Reinaldo, que se despediu no domingo após oito anos atuando no Morumbi, e o principal alvo é o ex-lateral do Bahia. A informação é dos jornalistas Thiago Fernandes e Raisa Simplício. Capixaba, de 25 anos, tem contrato até dezembro com o Leão do Pici e ainda não existe uma conversa para renovação.

 

O São Paulo terá a concorrência de outras seis equipes que irão disputar a Série A em 2023. Vasco, Fluminense, América-MG, Botafogo, Cruzeiro e Red Bull Bragantino já sinalizaram que desejam contratar o lateral em 2023. Contratado no início do ano, após deixar o Bahia, emprestado pelo Grêmio, Junino Capixaba disputou 58 partidas pelo time cearense, tendo registrado três gols e oito assistências.

Toinha Porfírio, auxiliar nutricional do Fortaleza, postou nas redes sociais uma mensagem de despedida para Capixaba: “Meu bebê, que honra poder ter vivido momentos tão marcantes com você. Que Deus abençoe ainda todo seu caminhar. Que você continue sendo esse menino alegre sempre. Saiba que as portas estarão sempre abertas, e que enquanto eu viver sempre irei lhe acolher”, publicou.

Natural de Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo, Luis Antonio da Rocha Junior, mais conhecido como Juninho Capixaba foi revelado nas divisões de base do Bahia, onde se estreou profissionalmente em 2015, mas só veio a se destaca na Série A de 2017 e foi vendido ao Corinthians por R$ 6 milhões além da vinda do goleiro Douglas ao Tricolor.

No Corinthians, Capixaba não vingou e após disputar apenas 9 jogos, foi emprestado ao Grêmio em 2018. Após marcar 3 gols em 4 jogos pelo clube gaúcho em 2018, foi adquirido em definitivo. Em 2019, entrou em campo 31 vezes, com 2 marcados e 2 assistências. Em 2020 e 2021, defendeu o Bahia por empréstimo, entre altos e baixos, disputando 90 jogos, com 4 gols marcados e 14 assistências. Com Guto, chegou a ser utilizado como ponta e teve boas atuações. Com o rebaixamento à Série B, deixou o Esquadrão e retornou ao Grêmio, sendo emprestado ao Fortaleza.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário