Fim da linha: Enderson é demitido pelo Bahia após derrota para Chape

A nota oficial da demissão foi emitida neste sábado (1).

Foto: Divulgação /EC Bahia

O Esporte Clube Bahia anunciou na tarde deste sábado a demissão do técnico Enderson Moreira, que não resistiu ao quarto tropeço seguido no Campeonato Brasileiro da Série B, e acabou caindo após a derrota para a Chapecoense por 3 a 1, na noite da última sexta-feira, na Arena Condá, pela 32ª rodada da Série B. Com o revés, o Tricolor permaneceu em 3º com 52 pontos, seis a mais que o 5º colocado. Contratado após a saída de Guto Ferreira, Enderson comandou o time em 18 jogos, com apenas seis triunfos, seis empates e seis derrotas.

 

“O Esporte Clube Bahia comunica que Enderson Moreira não é mais o treinador do Esquadrão. A diretoria agradece os serviços prestados e deseja boa sorte no seguimento de suas carreiras. Neste momento a delegação azul, vermelha e branca está em Campinas-SP, onde chegou no início da tarde, proveniente de Chapecó-SC. Ainda hoje haverá treino físico na cidade, iniciando a preparação para a partida de terça (4), contra o Novorizontino, no interior paulista, pela 33ª rodada.”

Natural de Belo Horizonte (MG), Enderson Alves Moreira acumula passagens na carreira por Internacional, Fluminense, Goiás, Grêmio, Santos, Athletico-PR, América-MG, Bahia, Ceará, Cruzeiro, Fortaleza e Botafogo. Na primeira passagem pelo Esquadrão de Aço, Enderson ficou de junho de 2018 até março de 2019. Foi contratado após a demissão de Guto Ferreira, com a missão de conquistar a Copa do Nordeste, mas perdeu a taça para o Sampaio Corrêa, na Arena Fonte Nova. No total, esteve à frente do Bahia em 59 jogos na primeira passagem, com um aproveitamento de 48%: 22 triunfos, 19 empates e 18 derrotas.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário