Vitória empata, mas conta com ajuda do ABC e está de volta à Série B

O Leão terminou o quadrangular final da Série C na vice-liderança do Grupo 2.

Depois uma campanha de recuperação na primeira fase, após a chegada do técnico João Burse, conseguindo uma sequência impressionante de resultados positivos e alcançando a classificação no G-8 na última rodada, o Esporte Clube Vitória chegou no quadrangular final motivado e conseguiu também os resultados necessários para chegar na última rodada dependendo das próprias pernas. Para isso, bastava vencer o já eliminado Paysandu no Estádio da Curuzu, em Belém do Pará, porém, com uma atuação abaixo do esperado, o Leão não fez sua parte, ficando apenas no empate em 1 a 1. Porém, contou com ajuda do ABC que segurou o empate em 0 a 0 com o Figueirense no Orlando Scarpelli, resultado esse que garantiu o tão aguardado acesso do Vitória à Série B do Brasileiro, com muito merecimento pela impressionante arrancada, ignorando as matemáticas e confirmando o retorno no primeiro ano, em meio a um clima interno pesado, com destituição de presidente e problemas financeiros.

 

O Leão terminou o quadrangular final da Série C na vice-liderança do Grupo 2, com 9 pontos, garantindo o acesso junto com o ABC, que liderou a chave com 12 pontos e garantiu vaga na final. Figueirense, com 7 pontos, e Paysandu, com 4, permanecem na Terceira Divisão por mais um ano.

No primeiro tempo, parecia que era o Paysandu quem estava brigando pelo acesso. Os donos da casa foram mais presentes no campo de ataque e finalizaram mais vezes ao gol, duas delas com o meia Dioguinho, que foi o jogador mais acionado do time paraense. Por outro lado, o Vitória se mostrou desatento e satisfeito com o empate, em certos momentos fazendo cera. O Leão até deu uma pressão inicial, mas depois se acomodou e não conseguiu criar jogadas de ataque e o único lance de perigo marcou um gol com Ewerton Páscoa, que estava impedido.

O Vitória voltou para o segundo tempo tentando ser mais incisivo, mas deixando espaços atrás e logo no primeiro minuto, Dioguinho fez fila na defesa, passou por três e finalizou por cima do gol. O Leão seguiu displicente em campo e sofrendo com os ataques do Papão. De tanto insistir, os donos da casa conseguiram o gol, aos 15 minutos, após cobrança de escanteio, o goleiro Dalton falhou e Genílson marcou de cabeça, aumentando a aflição rubro-negra. A reação aconteceu aos 25 minutos, com finalização de Dionísio, que desviou na defesa e venceu o goleiro. O Paysandu seguiu dando sustos ao Leão, e chegou a marcar novamente com Genílson, mas o VAR anulou por impedimento. No final das contas, apesar do empate, o Rubro-Negro conseguiu o seu objetivo e sacramentou a volta à Segunda Divisão.

Agora o Esporte Clube Vitória começa a se preparar para a temporada 2023, onde terá logo de cara as disputadas do Campeonato Baiano e da Pré-Copa do Nordeste. As partidas pela fase preliminar do Regional estão marcadas os dias 5 e 8 de janeiro. Até o momento, o formato não foi definido. Com a diminuição de datas – de quatro para duas -, a tendência é que a quantidade de times que participam da fase eliminatória também diminua – de 24 para 16. Como foi eliminado na primeira fase do Baianão, o Leão terá que disputar mais uma vez essa fase.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário