Jogo festivo do Vitória pode marcar aposentadoria de Dinei e estreia de uniforme

O atacante, que fará 39 anos em novembro, disputou 18 partidas na temporada.

Foto: EC Vitória / Divulgação

O Esporte Clube Vitória garantiu o retorno à Série B no último sábado, após empatar em 1 a 1 com o Paysandu e contar com tropeço do Figueirense diante do ABC. Logo após a partida, ainda em Belém do Pará, o presidente Fábio Mota anunciou um jogo festivo, que será realizado no próximo sábado, no Estádio Manoel Barradas, para comemorar o acesso. No entanto, a partida também pode marcar a despedida do atacante Dinei dos gramados. Perto de completar 39 anos, o ídolo rubro-negro disputou 18 jogos na temporada e não marcou gol, mas foi muito importante pela liderança. Em entrevista ao Segue o BAba, o zagueiro Alan Santos confirmou que o clube estuda um amistoso para a despedida do atacante.

 

“Dinei é referência para a gente. Um ídolo, um cara sensacional, que se dedica ao máximo. Muito importante não só dentro de campo, mas pela liderança. Talvez não no falar, mas nas suas ações e atitudes. Ontem chorei junto com ele, porque foi o último jogo dele. Eu não quero deixar ele se aposentar. O presidente pediu para convencer ele a jogar pelo menos mais um Baiano. Mas ele parece estar decidido a parar. Queria estar mais tempo junto com esse cara”, revelou o zagueiro.

Além da possível despedida de Dinei, o amistoso também deve marcar o lançamento do terceiro uniforme do Rubro-Negro. “Fiquei sabendo que talvez tenha, no sábado, um amistoso para a gente jogar com terceira camisa. Talvez tenha a despedida do Dinei, que ainda não está definida ainda. Ele vai se aposentar. Estou tentando segurar ele mais uma temporada. Ele é um ídolo, admiro muito. Me emociono em falar dele. Dia a dia é meu irmão. Ele já se decidiu terminar a carreira, espero que ele seja feliz.”

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: [email protected]

Deixe seu comentário