Meia que teve nome ligado ao Bahia negocia com o Atlético-MG

o atleta foi oferecido ao Atlético-MG, que abriu negociações e corre contra

Foto - Divulgação/PSG

Na última semana, o portal UOL Esportes divulgou a informação de que o Grupo City estaria cogitando contratar o meia Rafinha Alcântara, do Paris Saint-Germain, para reforçar o Esporte Clube Bahia. A contratação seria uma forma de celebrar a parceria, que está muito próxima de acontecer. No entanto, segundo o próprio presidente do Esquadrão, Guilherme Bellintani, o boato é falso. “Fake total. Pura invenção”, disse o gestor ao jornalista Jorge Nicola, do Yahoo.

 

Desta forma, o destino de Rafinha deve ser outro clube do futebol brasileiro. Segundo informação do jornal O Globo, o atleta foi oferecido ao Atlético-MG, que abriu negociações e corre contra o tempo para que o atleta chegue ao time ainda nesta janela de transferências. Rafinha tem contrato até o final da temporada com o PSG, mas está fora dos planos. Ele chegaria ao Galo de graça só com o pagamento de salários.

Rafinha tem 29 anos, é irmão de Thiago Alcântara e construiu toda a sua carreira na Europa. Além do PSG, acumula passagens por Barcelona, Celta, Inter de Milão e Real Sociedad. Sem conseguir se destacar na Europa nas últimas temporadas, o meia vê um retorno ao Brasil com bons olhos. O Flamengo chegou a sondar a situação do atleta nas janelas passadas, mas sem sucesso. Para acertar com o Atlético-MG, o brasileiro terá que reduzir drasticamente seus vencimentos. No Paris Saint-Germain, Rafinha ganha cerca de R$ 2,5 milhões por mês.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário