‘Caseiro’, Bahia perde para a Ponte Preta e vê distância para o 5º diminuir

Na sequência da competição, o Esporte Clube Bahia enfrenta o Tombense.

Foto: Álvaro Jr/ PontePress

Se dentro de casa, o Esporte Clube Bahia conseguiu emplacar uma sequência de quatro triunfos seguidos (Náutico, CSA, Ituano e Vasco), longe de Salvador, os comandados de Enderson Moreira venceram pela última vez no dia 17 de julho, quando bateu o Guarani, por 2 a 0, no Brinco de Ouro. Depois disso, perdeu para Cruzeiro e Sampaio Corrêa, e empatou com o Londrina sofrendo um gol aos 50 minutos da etapa final. Na noite desta quarta-feira, o Esquadrão voltou a campo buscando encerrar esse “jejum” fora de casa, mas fez uma péssima partida e merecidamente perdeu para a Ponte Preta, por 2 a 0, no Estádio Moisés Lucarelli, pelo encerramento da 27ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Os gols foram marcados por Wallisson e Lucca. 

 

Com a derrota, o Esporte Clube Bahia segue com 47 pontos na vice-liderança, a dois pontos de distância do Vasco (3º colocado, que venceu nesta quarta o Guarani por 2 a 1 dentro de casa) e seis para o Londrina (5º colocado, com 41 pontos). Já a Ponte Preta subiu para o 10º lugar, com 36 pontos.

Com a vitória, a Ponte quebrou um TABU de 14 anos sem vencer o Bahia, sendo onze partidas. A última derrota do Tricolor Baiano para a Macaca havia sido no dia 11 de novembro de 2008, quando perdeu por 1 a 0, com gol de Rafael Ueta, no Moisés Lucarelli, pela 35ª rodada da Série B. Além disso, essa é apenas a segunda vez que a Ponte vence o Bahia, e a primeira vez por dois gols de diferença. Outra marca importante. É a milésima vitória da Ponte atuando no Majestoso.

O jogo começou com o Bahia assustando logo no primeiro minuto, porém, a Ponte Preta foi superior da primeira etapa e comandou as ações. O Esquadrão entrou com a estratégia de ser mais conservador e jogar nos contra-ataques, mas o setor de ataque não aproveitou as raras oportunidades. Já a Macaca, com mais volume de jogo, e com boas atuações de Fessin e Artur, chegou ao gol aos 43 minutos. Walisson aproveitou cruzamento de Artur e cochilo de Luiz Henrique para cabecear para o fundo do gol e abrir o marcador.

O Bahia até voltou melhor para o segundo tempo e em cinco minutos, criou duas boas chances, primeiro com Gabriel Xavier cabeceando com perigo por cima do gol, e depois com Igor Torres que perdeu cara a cara com o goleiro Caíque França. Porém, foi a Ponte Preta quem marcou novamente e com Lei do EX. Aos 9 minutos, após cobrança de escanteio, Mateus Silva desviou e Lucca apareceu para marcar o segundo da Macaca, o 12º dele na Série B, se tornando vice-artilheiro ao lado de Diego Souza. Com muita dificuldade na criação, o Bahia só chegou com perigo uma única vez, mas Matheus Davó, em noite nada inspirada, perdeu de frente para o goleiro.

Na sequência da competição, o Esporte Clube Bahia volta a jogar em Salvador, agora enfrentando o Tombense, no próximo sábado (03), às 19h, na Arena Fonte Nova. O duelo é válido pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Já a Ponte Preta visita a Ponte Preta, no mesmo dia e horário, na Arena Condá, em Chapecó (SC).

JOGOS DA 27ª RODADA DA SÉRIE B

SEGUNDA, 29/08
20h00 – Chapecoense 1 x 2 Vila Nova

TERÇA, 30/08
19h00 – Londrina 1 x 0 CRB
19h00 – Sampaio Corrêa 1 x 1 Cruzeiro
20h30 – Sport 1 x 0 Novorizontino
20h30 – Ituano 0 x 0 Operário
21h30 – CSA 2 x 0 Náutico
21h30 – Criciúma 2 x 0 Grêmio
21h30 – Tombense 1 x 0 Brusque

QUARTA, 31/08
19h00 – Vasco 2 x 1 Guarani
21h30 – Ponte Preta 2 x 0 Bahia

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário