Bahia desperta no 2º tempo, vence o Náutico e encerra jejum na Fonte Nova

Na sequência da competição, o Esporte Clube Bahia tem mais um jogo em Salvador.

Foto: Felipe Oliveira /EC Bahia

Depois do revés no Mineirão para o Cruzeiro por 1 a 0, mesmo jogando parte do 2º tempo com um jogador a mais, o Esporte Clube Bahia voltou a campo na noite desta sexta-feira (29) buscando encerrar o jejum incômodo de cinco jogos seguidos sem vencer como mandante, sendo três derrotas (Chapecoense, Novorizontino e Athletico-PR) e dois empates (Grêmio e CRB). Após um primeiro tempo de pouca inspiração e com algumas vaias da torcida, o Esquadrão despertou no segundo com as entradas de Jacaré e Davó, que mudaram o roteiro da partida, e venceu o Náutico pelo placar de 3 a 0, com gols de Ignácio, Davó e Everton, triunfo importantíssimo para fazer as pazes com o torcedor e voltar a abrir margem dentro do G-4.

 

Com o triunfo, o Esquadrão chegou aos 37 pontos e reassumiu a 3ª colocação, ultrapassando o Grêmio pelo critério do número de vitórias (11 x 9). Além disso, o Tricolor abriu 7 pontos para o 5º colocado (Sport) e agora seca os os concorrentes fora do G-4 para manter a distância. Já o Náutico chegou ao quinto revés consecutivo e permanece na vice-lanterna, com 18 pontos.

Com um time bastante modificado por conta dos desfalques, o Bahia encontrou muita dificuldade na criação de jogadas no primeiro tempo e foi para o intervalo com vaias tímidas vindas da arquibancada. Ainda assim, o Esquadrão criou algumas chances, uma delas em finalização de Emerson Santos de longe que parou no travessão. Rodallega também teve chances, mas segue sem muita inspiração. Pelo lado do Náutico, a melhor oportunidade foi um chute do meia Jean Carlos de fora da área defendido por Mateus Claus.

O Bahia voltou para o segundo tempo com Vitor Jacaré e Matheus Davó nos lugares de Warley e Raí, e a dupla foi decisiva para mudar a história do jogo. Aos 25 minutos, após cobrança de falta de Jacaré, bate e rebate na área, Ignácio aproveitou para tirar do goleiro Lucas Perri e tocar no canto. Quatro minutos depois, aos 29, Davó roubou a bola no meio do campo, avançou em direção ao gol, driblou Lucas Perri e ampliou fazendo a festa da torcida. Aos 38, Jacaré apareceu novamente, desta vez dando passe e achando Everton dentro da área. O jovem centroavante deu um toque, tirou do arqueiro do Timbu e sacramentou o triunfo.

Na sequência da competição, o Esporte Clube Bahia tem mais um jogo em Salvador, agora enfrentando o CSA, no próximo sábado (06/08), às 16h30, na Arena Fonte Nova, em partida válida pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Já o Náutico visita o Operário, na próxima sexta-feira (05), às 19h, no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa.

JOGOS DA 21ª RODADA DA SÉRIE B

TERÇA, 26/07
18h30 – Chapecoense 0 x 0 Grêmio

QUINTA, 28/07
19h00 – Vasco 4 x 0 CRB
21h30 – Sport 2 x 1 Guarani

SEXTA, 29/07
19h00 – Bahia 3 x 0 Náutico
21h30 – Tombense x Sampaio Corrêa

SÁBADO, 30/07
11h00 – Brusque x Cruzeiro
16h00 – Londrina x Criciúma
18h30 – Novorizontino x Vila Nova
19h00 – Ponte Preta x Operário
20h30 – CSA x Ituano

Autor(a)

Fellipe Amaral

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: [email protected]

Deixe seu comentário