Brasileirão 2022 bate recorde nos pontos corridos com 10 técnicos estrangeiros

Último treinador de fora do Brasil anunciado foi António Oliveira, que vai comandar o Cuiabá na elite do futebol nacional deste ano

Com menos de 10 rodadas completadas, a Série A do Campeonato Brasileiro 2022 alcançou uma meta importante. Por causa do avalanche de técnicos estrangeiros em clubes nacionais, essa edição bateu o recorde de maior participação de treinadores de fora do Brasil na era dos pontos corridos. A mais recente delas aconteceu no Cuiabá, que anunciou a contratação de António Oliveira, ex-Athletico Paranaense. Agora, são 10 gringos na disputa do torneio, ampliando a marca do ano passado, que contou com nove.

 

Em suma, a classe dominadora é a dos portugueses, que possui a metade dos nomes da competição. Além de Oliveira, o campeão da Copa Libertadores da América, Abel Ferreira, do Palmeiras, Luís Castro, recém-chegado ao Botafogo, Paulo Sousa, contestado no Flamengo, e Vítor Pereira, do Corinthians, fecham a lista.

O continente sul-americano abrange personagens como ‘El Turco’, Antonio Mohamed, comandante do Atlético Mineiro, Fabián Bustos, treinador do Santos, e Juan Vojvoda, responsável pela classificação inédita do Fortaleza à Libertadores, o paraguaio Gustavo Morínigo (do Coritiba) e o uruguaio Alexander Medina, demitido no início do ano pelo Internacional.

Autor(a)

Pedro Moraes

Jornalista, formado pela Universidade Salvador (Unifacs). Possui passagens em vários ramos da comunicação, com destaques para impresso, sites e agências de Salvador e São Paulo. Contato: [email protected]

Deixe seu comentário