Bahia leva gol ‘relâmpago’, não aproveita superioridade numérica e perde a primeira em casa na Série B

O Bahia agora enfrenta o Athletico-PR, na próxima quarta-feira (22), às 19h30

Foto: San Junior / Divulgação

Bahia e Chapecoense se enfrentaram na noite desta terça-feira (14), pela abertura da 13ª rodada da Série B, com objetivos distintos. Melhor mandante da Segundona e vindo de três triunfos consecutivos, o Esquadrão buscava manter os 100% de aproveitamento em casa na competição e dormir na liderança, enquanto a Chape – segundo melhor visitante e invicto fora de casa – tentava encerrar a sequência de sete rodadas sem vencer. Mesmo atuando boa parte do jogo com um jogador a mais, o Tricolor não soube aproveitar a superioridade numérica depois de sofrer um gol cedo e acabou amargando a primeira derrota dentro da Fonte Nova na Série B ao perder por 1 a 0, diante de 26 mil torcedores.

 

Com o revés, o Bahia permanece com 25 pontos na vice-liderança, três pontos abaixo do Cruzeiro, que ainda joga na rodada, porém, pode perder posição para o Vasco da Gama, 3º colocado com 24 pontos, além disso, pode ver Sport e Grêmio, outros concorrentes diretos, diminuírem a distância na tabela. Já a Chapecoense, com a vitória, deixa a zona de rebaixamento e assume o 11º lugar, com 15 pontos.

O jogo começou agitado e logo aos 2 minutos, Chrystian recebeu cruzamento da direita e abriu o placar de cabeça. Aos 6, Perotti deu uma entrada dura em Ignácio e recebeu o amarelo, porém, o VAR chamou o árbitro para rever o lance, e ele decidiu pela expulsão do atacante da Chape. Com um a mais, o Bahia foi para a pressão, enquanto o time catarinense aproveitava qualquer jogada para fazer cera. Apesar do domínio, o Esquadrão se mostrou muito afobado e só levou perigo em chute de Rildo por cima do gol e na melhor chance com Rodallega carimbando a trave.

O Bahia voltou para o segundo mais incisivo após as entradas de Rezende, Luiz Henrique e Vitor Jacaré, e em menos de 8 minutos, criou duas chances claras, primeiro com Rezende carimbando o travessão e depois com Jacaré parando em boa defesa de Vagner. Se com um a mais já estava difícil, aos 20 minutos, o jogo ficou em igualdade numérica com a expulsão infantil do volante Patrick, levando o segundo amarelo. O Bahia seguiu pressionando, e também sofrendo nos contra-ataques, mas não teve competência para buscar ao menos um empate.

Agora o Esporte Clube Bahia dá uma pausa no Campeonato Brasileiro da Série B e volta suas atenções para a Copa do Brasil, onde enfrenta o Athletico-PR, na próxima quarta-feira (22), às 19h30, na Arena Fonte Nova, pelo jogo de ida das oitavas de final. Pela Segundona, o Esquadrão volta a jogar no dia 25, um sábado, às 16h, na Arena Fonte Nova, diante do Novorizontino, pela 14ª rodada. Já a Chapecoense encara o CRB no dia 21, terça, às 19h, na Arena Condá, em Chapecó, pela Série B.

FICHA TÉCNICA
BAHIA 0 X 1 CHAPECOENSE
SÉRIE B (13ª RODADA)

LOCAL: Arena Fonte Nova, em Salvador
DATA E HORA: 14/06/2022 (terça-feira), 19h
ÁRBITRO: Douglas Marques das Flores (SP)
ASSISTENTES: Anderson José de Moraes Coelho e Luiz Alberto Andrini Nogueira (ambos de SP)
VAR: Wagner Reway (PB)

GOL: Chrystian (Chapecoense)

BAHIA
Danilo Fernandes; Douglas Borel, Ignácio, Luiz Otávio e Djalma; Patrick, Mugni e Daniel; Rildo, Davó e Rodallega. Técnico: Guto Ferreira.

CHAPECOENSE
Vagner; Pablo, Léo, Victor Ramos e Fernando; Pablo Oliveira, Marcelo Freitas e Tiago Real; Derek, Chrystian e Perotti. Técnico: Gilson Kleina.

JOGOS DA 13ª RODADA DA SÉRIE B

TERÇA, 14/06
19h00 – Bahia 0 x 1 Chapecoense

QUINTA, 16/06
16h00 – Cruzeiro x Ponte Preta
20h00 – Vila Nova x Operário

SEXTA, 17/06
19h00 – Criciúma x Brusque
21h30 – CRB x Ituano

SÁBADO, 18/06
11h00 – Grêmio x Sampaio Corrêa
16h00 – Novorizontino x Tombense
16h00 – Londrina x Vasco
18h30 – Náutico x Sport

DOMINGO, 19/06
11h00 – Guarani x CSA

Deixe seu comentário!

3 Comentário

  1. Pra Guto, Patrick é concursado e não pode sair nunca! Um jogador que não marca dereito, não cria nada de ofensivo para a equipe e não tem um bom passe. Que que desgraça esse merda é titular? Será que ele deve tá pegando Guto de jeito no quarto escuro? sei não viu, acho que a porra pode desandar de vez se as coisas continuarem como estão. Os outros jogos vencemos com a sorte a nosso favor e ontem a sorte estava do lado da chape. Será que vamos ficar até o fim do campeonato dependendo de sorte? O time é só lançamento longo, não tem triangulação, Daniel fica ciscando por todos os lados do campo procurando alguem pra dar um passe e não acha uma viva alma. Que porra de treino é esse? tivemos várias semanas pra treinar e o resultado é esse?

  2. Fora Guto fora Patrick Borel volta para base para aprender ninguém aguenta mais

  3. 1 Guto Ferreira X Bahia 0
    Guto Ferreira, professor Pardal, responsável direto por esta derrota desastrosa em plena Fonte Nova.
    Sacou um zagueiro, recuou Patrick brucutu, para ficar na sobra, deu no que deu. Depois tentou consertar colocando o zagueiro Gabriel.
    Que pixota em Guto!!
    Patrick um jogador que só vai no adversário, com isso toma cartão sucessivamente,uas expulsões consecutivas.
    Que afaste este jogador de várzea, de uma vez por todas.
    O Bahia, ressuscitou o Vasco, a Tombense e agora a Chapecoense que não ganhava a 7 jogos.
    Estes 3 pontos vão custar caro lá fora, assim o Bahia vai entregar o acesso de bandeja.

3 Trackbacks / Pingbacks

  1. Daniel admite frustração com 1ª derrota do Bahia em casa na Série B
  2. Novo uniforme do Juazeiro estampa Instituto do lateral Daniel Alves
  3. Após derrota do Bahia, Cruzeiro agora é o único mandante 100% na Série B

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*