Presidente da FBF, Ricardo Lima promete Intermunicipal marcante

Mandatário da entidade máxima do futebol estadual considera importante consequências da competição

Foto: Arisson Marinho / Arquivo CORREIO

O Intermunicipal vai ser realizado neste ano. Ausente do calendário da Federação Bahiana de Futebol (FBF) desde ao começo da pandemia da Covid-19, a competição está com inscrições abertas desde 14 de março e irá até 13 de maio. Na visão do presidente da entidade, Ricardo Lima, a realização do torneio tem consequências essenciais para as cidades envolvidas.

 

“Será um grande Intermunicipal, diria que será série ouro, jamais vista. Nós precisamos retomar a competição, primeiro pelo número de empregabilidade que ela dá. Só para ter noção, são praticamente 3 mil empregos diretos, fora os indiretos. Se tivermos 70 seleções, teremos aí no mínimo, 110 a 120 indiretamente, porque mexemos com regiões. Mexe com a economia das prefeituras municipais, principalmente das redondezas. É uma competição que está fora do nosso calendário há dois anos e tenho certeza que faremos da forma mais bonita que ela é merecedora”, analisou o mandatário, em entrevista ao programa BN Na Bola, da rádio Salvador FM 92,3.

A competição ainda receberá um novo nome, passando de Intermunicipal para Campeonato Baiano de Futebol Intermunicipal. Por outro lado, o formato do torneio ainda está em definição. O Intermunicipal teve sua última edição disputada em 2019. Na ocasião, o Itamaraju faturou o tetracampeonato. Nomes como Bobô, ídolo do Bahia, e o pentacampeão Edílson Capetinha, foram revelados pela competição.

Deixe seu comentário

Autor(a)

29/04/2022 às 18h10

Pedro Moraes

Jornalista, formado pela Universidade Salvador (Unifacs). Possui passagens em vários ramos da comunicação, com destaques para impresso, sites e agências de Salvador e São Paulo. Contato: [email protected]

1 Trackback / Pingback

  1. Vitória tem pior começo de todas as edições do Campeonato Brasileiro

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*