Guto admite tristeza por eliminação do Bahia no Nordestão e cita “problemas”

"É uma situação muito doída para o Bahia que é o maior campeão da competição"

Após cair na primeira fase do Campeonato Baiano depois de 19 anos, o Esporte Clube Bahia amargou uma nova eliminação neste sábado, agora na Copa do Nordeste. O Esquadrão até venceu o Sergipe pelo placar de 3 a 1, no Estádio Estadual Lourival Baptista (Arena Batistão), em Aracaju, com gols de Rodallega, Marco Antônio e Ronaldo, porém, apesar do triunfo, o Tricolor acabou eliminado no torneio regional visto que o Náutico venceu o Globo-RN por 2 a 0 em Ceará-Mirim e o Botafogo-PB derrotou o Sampaio Corrêa por 2 a 0 no Estádio Castelão. Após o jogo, o técnico Guto Ferreira admitiu que o sentimento é de tristeza pela eliminação.

 

“É uma situação muito doída para o Bahia que é o maior campeão da competição. É uma situação doída para mim como treinador. É a primeira vez que não chego à fase final. A gente não conseguiu chegar em nosso grande objetivo. O sentimento é de tristeza por não ter conseguido atingir o objetivo”, disse.

Guto também citou os problemas que influenciaram nas eliminações do Bahia no Baiano e Copa do Nordeste. “Tiveram vários problemas e estamos buscando solução. Muitas coisas aconteceram lá atrás e acaba afetando o hoje. Questão de contratações, calendário, sequência… Tem o erro nosso também e a gente não se omite dos nossos erros, não. Na medida que a gente consegue espaço, os resultados começaram a aparecer. Isso mostra que não tá tudo errado e que é possível crescer em cima do que a gente vem fazendo”, explicou.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário