Dado destaca tranquilidade com retorno do Vitória ao G-4 no Baianão

Para Dado, o resultado positivo traz tranquilidade ao Leão.

Foto: Marcello Góis / Arena Rubro-negra

O Esporte Clube Vitória sofreu um pouco, mas conseguiu vencer o Vitória da Conquista pelo placar de 1 a 0 na tarde deste domingo, no Estádio Lomanto Júnior, com gol de pênalti marcado pelo meia Jadson. Com a vitória, o Rubro-Negro chegou aos 8 pontos, superando Bahia e Atlético de Alagoinhas, e assumindo o 4º lugar, ficando atrás apenas de Jacuipense (1º com 12), Bahia de Feira (2º com 10) e Barcelona de Ilhéus (3º com 10). Já o Vitória da Conquista segue sem vencer e amargando a lanterna, com apenas um ponto somado. Em entrevista após o jogo, o técnico Dado Cavalcanti admitiu que o time teve dificuldades, mas valorizou os 3 pontos.

 

“O mais importante de hoje foi ter conquistado o resultado. Tínhamos feito um bom primeiro tempo, o segundo foi ruim, mas o importante é ter vencido aqui, somado os três pontos, voltamos a vencer, voltamos ao G-4 e é isso que a gente vai valorizar”, destacou na entrevista coletiva.

Dado destacou que o resultado positivo traz tranquilidade ao Leão. “O resultado traz tranquilidade. Por três oportunidades, voltamos para o vestiário pós-jogo com a sensação de termos feito bom jogo e não tivemos os três a nosso favor. Empatamos por duas vezes, perdemos o jogo para o Jacuipense mesmo jogando bem. Talvez hoje o sentimento seja um pouco diferente. Mas volto a falar, o importante foi ser competitivo e eficiente na bola que tivemos para resolver o jogo, fizemos o gol. Tivemos um pouco de dificuldade, mas a vitória hoje foi o mais importante para dar aquela respirada dentro do G-4 e pensar nos próximos jogos”, continuou.

O treinador analisou os dois tempos do Vitória e explicou a substituição de Jadson. “Embora eu entenda que o segundo tempo foi bem abaixo do que estamos acostumados a fazer. O primeiro tempo foi muito bom, o segundo tempo foi ruim, o adversário cresceu. Mas repito, a troca aconteceu no momento crucial do jogos, nos 10 minutos iniciais. Nós não víamos a cor da bola e foi necessário um ajuste de meio para a gente ter um pouco mais de competitividade e combate, já que todas as bolas e segundas bolas eram praticamente do adversário”, justificou.

O próximo compromisso do Esporte Clube Vitória é somente no dia 27 de fevereiro, um domingo, às 16h, diante do Atlético de Alagoinhas, no Estádio Manoel Barradas, em Salvador. A partida antecede a estreia do Leão na Copa do Brasil, no dia 3, diante do Castanhal, fora de casa. Já o Vitória da Conquista encara o Jacuipense no sábado (19), às 16h, no Barradão.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário