Com pênalti inexistente, Bahia leva empate no fim, mas se classifica à 2ª fase da Copa São Paulo

Com o resultado, o Bahia chegou aos 5 pontos e garantiu a classificação como 2º colocado

Após empatar com o Atlético Matogrossense na estreia por 2 a 2 e golear o Monte Azul pelo placar de 4 a 1, o Esporte Clube Bahia entrou em campo na tarde desta segunda-feira (10) pela 3ª e última rodada da Copa São Paulo de Futebol Júnior precisando se um simples empate para garantir a classificação para a fase de mata-mata ou então não ser goleado, visto que o Atlético Matogrossense venceu o Monte Azul e chegou aos mesmos 4 pontos, mas com saldo negativo de 1 gol, enquanto o Tricolor tinha saldo positivo de 3.

 

O Esquadrãozinho não quis saber de jogar com o regulamento debaixo do braço e abriu 1 a 0 com gol de Hiago diante do Votuporanguense no Estádio Municipal Dr. Plínio Marin, na cidade de Votuporanga, em São Paulo, no entanto, nos minutos finais o árbitro inventou um pênalti que não existiu, alegando que a bola tocou no braço, e ainda expulsou o jogador Allan. Abraão foi para a cobrança e empatou o jogo, garantindo o Votuporanguense como líder do grupo.

Com o resultado, o Bahia chegou aos 5 pontos e garantiu a classificação como 2º colocado do Grupo 1, atrás apenas do Votuporanguense, que somou 7 pontos. Atlético Matogrossense (3º com 4 pontos) e Monte Azul (4º sem pontuar) foram eliminados.

Na 2ª fase da Copinha, o Bahia enfrentará o 1º colocado do Grupo 2, que nesse momento é o Guarani, no entanto, Tanabi e Vila Nova ainda se enfrentam, e quem vencer assume a primeira posição do Grupo 2

A Copa São Paulo de Futebol Júnior, também conhecida como Copinha, é a principal competição de base do futebol brasileiro. É organizada pela Federação Paulista de Futebol (FPF) e inclui clubes de todo o Brasil e, eventualmente, clubes de outros países. Ao todo, são 128 clubes divididos em 32 grupos, classificando-se para a segunda fase os dois clubes com o maior número de pontos ganhos em cada grupo. A final é realizada no dia 25 de janeiro, dia do aniversário da cidade de São Paulo.

O maior campeão da Copinha é o Corinthians, com 10 títulos, seguido por Fluminense (5), Internacional (5), São Paulo (4), Flamengo (4), Santos (3), Atlético-MG (3), Ponte Preta (2), Nacional-SP (2), Portuguesa (2), e outros clubes com uma conquista.

Deixe seu comentário!

1 Comentário

3 Trackbacks / Pingbacks

  1. Rui Costa reduz limite de público nos estádios para 3 mil pessoas
  2. Bahia suspende presença da imprensa no CT em função dos casos de Covid-19
  3. Vitória se despede da Copa São Paulo 2022 goleando o Manthiqueira

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*