Após se destacar pelo Bahia, Conti projeta ano histórico no América-MG

"Quando recebi a proposta do América, eu gostei muito e senti confiança", disse.

Foto: Mourão Panda/América

Um dos destaques do Esporte Clube Bahia no ano passado, o zagueiro Germán Conti foi apresentado oficialmente como novo reforço do América-MG para a temporada 2022. O jogador, que pertence ao Benfica, de Portugal, chegou ao Coelho por empréstimo até dezembro. Nas primeiras palavras como atleta do time mineiro, o defensor argentino afirmou que queria continuar no futebol brasileiro e que sentiu confiança ao receber a proposta do América-MG. Além disso, ele espera um ano histórico pelo time mineiro.

 

“Quando acaba um contrato, sempre tem propostas. Eu claro que queria continuar no futebol brasileiro. O América sempre mostrou que tinha muita vontade que eu tivesse aqui (…) Jogar Libertadores, o Mineiro, agora é preparar muito bem porque vai ser um ano difícil.”

“Quando recebi a proposta do América, eu gostei muito e senti confiança na negociação. Espero que seja um ano de muito sucesso para nós. Fazer meu melhor para o time e fazer mais um ano histórico no América”

Conti comentou sobre a intensidade da forma de jogar. “O time tem uma identidade muito intensa, somos um time intenso, a estrutura é muito boa, o torcedor é apegado ao time, me adaptar ao mais rápido possível porque já tem o Mineiro.”

Natural da cidade de Santa Fé, na Argentina, Germán Andrés Conti foi revelado nas divisões de base do Colón-ARG, onde anotou 5 gols e deu 4 assistências ao longo de 119 partidas. Em 2018, foi negociado com Benfica, de Portugal, por cerca de 4 milhões de euros (R$ 26,5 mi na cotação atual) e contrato até junho de 2023, mas teve poucas oportunidades, atuando apenas 10 jogos pelo time principal, três deles na Champions League 2018/2019 sendo titular, e 2 pela equipe B.

Em 2019, foi emprestado ao Atlas, do México, onde disputou 25 jogos e marcou dois gols, mas após o fim do empréstimo, retornou ao Benfica, sendo emprestado ao Bahia em março. No Esquadrão, se destacou, sendo peça importante na conquista da Copa do Nordeste. Disputou 45 jogos e marcou um gol.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*