A caminho da Ucrânia, volante se despede do Bahia nas redes sociais

O jogador tinha uma cláusula de renovação automática ao final de 2021

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Esporte Clube Bahia anunciou na noite de ontem (21) a transferência do volante Edson para o Rukh Lviv, da Ucrânia. O jogador tinha uma cláusula de renovação automática ao final de 2021, mas ainda não havia assinado o novo contrato, e o clube optou por não prorrogar o vínculo e liberar para o futebol ucraniano, mantendo 30% dos direitos econômicos. Por meio do seu perfil nas redes sociais, o atleta publicou uma mensagem de despedida, e destacou as conquistas do Baiano e Copa do Nordeste, primeiros títulos como profissional.

 

“Fala nação Tricolor!! Passando aqui pra agradecer por tudo que vivi nesse gigante clube do Brasil e maior do Nordeste. No Bahia realizei meus maiores sonhos até hoje na vida, conquistei meus primeiros títulos profissionais (Baiano e Copa Do Nordeste), joguei uma série A, disputei campeonatos internacionais e tive a honra de jogar em uma Fonte Nova lotada vibrando e cantando pelo Esquadrão. Sou grato por todas as pessoas que conheci nessa cidade, irei lembrar e levar no coração para minha vida. Atletas que trabalhei, comissão, staff, funcionários e todas as amizades que fiz aí um forte abraço à todos. Estou indo para um novo desafio em minha vida, no qual sou muito grato à Deus e ao Bahia pela oportunidade de mostrar o meu trabalho. Vou tá de longe e sempre na torcida por esse clube. Que possamos voltar a ter momentos de glória que o Bahia merece. Obrigado”

Natural de Natal (RN), Edson Fernando da Silva Gomes  deu os primeiros passos no futebol defendendo o Alecrim-RN. Chegou a ter uma passagem rápida pelo time sub-20 do Vitória na temporada 2017, mas não permaneceu e acertou com o Votuporanguense. Em 2019, ele disputou 12 partidas no Campeonato Potiguar pelo Globo e chegou ao Bahia para integrar o elenco sub-23. Com o técnico Dado Cavalcanti, ele deixou a lateral-direita e passou a jogar como volante.

Em 2019, disputou 11 jogos pelo Bahia no Campeonato Brasileiro de Aspirantes. Em 2020, atuou em 10 partidas no Baianão, fazendo parte do elenco campeão baiano diante do Atlético. Foi promovido ao elenco principal e entrou em campo 14 vezes, 12 pela Série A e 2 pela Sul-Americana. Em 2021, seguiu integrando o grupo principal e fez 21 jogos, 5 pelo Nordestão, 3 pela Copa do Brasil e 13 pelo Brasileirão.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*