Vitória precisa vender jogador para solucionar pendência na FIFA

A dívida é de 180 mil dólares, pelo empréstimo do atacante Walter Bou

Foto: Rafael Teles

Por causa de dívida de 180 mil dólares, pelo empréstimo do atacante Walter Bou, que pertencia ao Boca Juniors e atuou pelo clube em 2018, o Esporte Clube Vitória só teve até o último dia 17 de dezembro para contratar jogadores e inscrevê-los no BID (Boletim Informativo Diário) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), visto que a entidade entra em recesso, e o Leão foi punido com três janelas sem poder contratar até resolver a pendência. O presidente interino do Vitória, Fábio Mota, frisou que o departamento jurídico vem conversando para tentar solucionar o problema, porém, será preciso vender algum jogador.

 

“Nosso departamento jurídico vem conversando tanto com o advogado de Walter Bou, quando do Boca Juniors. Mas são cifras e valores que são altos. A gente depende de vender algum jogador para tentar solucionar isso. Com relação ao Boca a gente avançou, mas com relação ao Walter Bou ainda não”, disse.

A expectativa do Vitória é usar o dinheiro que chegará pela venda de Diego Rosa, revelado na Toca do Leão, para quitar a dívida. O jovem promissor estava no Grêmio e foi negociado com o Grupo City, que administra o Manchester City, da Inglaterra. “Nós temos um dinheiro para entrar de Diego Rosa e é com esse dinheiro que planejamos pagar Walter Bou. Mas não sabemos quando irá entrar esse recurso”.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*