Guto projeta decisão contra o Fortaleza: “Temos que nos entregar de corpo e alma”

"O único resultado que mantém o Bahia é mais um triunfo", disse.

Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

Após vencer o Fluminense e ganhar uma sobreviva no Campeonato Brasileiro, o Esporte Clube Bahia agora foca no seu último desafio, contra o Fortaleza, na Arena Castelão, quinta-feira (09), às 21h30. Depois do triunfo por 2 a 0 na Arena Fonte Nova, que tirou o Esquadrão da zona de rebaixamento, mas ainda precisando secar os concorrentes, o técnico Guto Ferreira frisou que é preciso se entregar de corpo e alma em busca do triunfo contra o Leão do Pici.

 

“Tem que aprender com os erros, não é? Quando perde da maneira que perdemos, foi muito ruim. Tivemos que lamber as feridas e aprender com os erros […] Precisamos ganhar mais uma. Não tem como. O único resultado que mantém o Bahia é mais um triunfo. Temos que nos entregar de corpo e alma atrás desse triunfo”, afirmou. 

Para o jogo, o Bahia não conta com o atacante Rossi, que foi expulso diante do Fluminense após se desentender com o zagueiro Manoel. Guto achou a expulsão exagerada.

“Achei que sim (rigoroso). Embora tenha havido uma discussão verbal, o Rossi não agrediu. O Rossi foi pego pelo pescoço, mas não retribuiu a agressão. A agressão dele foi verbal, e ele acabou tendo a mesma punição de quem fez uma agressão física. Embora tenha tido essa situação, tenha tido a situação de um pênalti, continuo achando o Luís Flávio um dos três melhores árbitros do Brasil. É um cara experiente, íntegro, que busca a perfeição em suas arbitragens. Quando ele apita jogos nossos, fico tranquilo porque sei que quando tiver um erro não vai ser porque teve algum tipo de má fé.”

Deixe seu comentário!

PUBLICIDADE

2 Comentário

  1. Bellitani e demais dirigentes do Bahia, deveriam fazer um estágio no Fortaleza para aprender como se administra um clube vencedor.
    As diferenças entre os dirigentes do Bahia do Fortaleza x Ceará são distantes. Vejam que, o Presidente do Fortaleza em entrevista diz que, clube não é para ter lucro e que não adianta ter lucro e cair de divisão.
    E caso haja lucro, esse lucro tem que ser investido no futebol, no time, para que o clube prospere cada vez mais nas competições. E disse ainda que mesmo com a crise da pandemia nunca atrasou os salários dos atletas e demais membros da comissão. Isso é Gestão, Bellitani, O que não tem no no Esporte Clube Bahia. Só marketing e blá bla´….

  2. Horrível situação criada por uma gestão FRACASSADA.. Objetivo dele é vender o FAZENDÃO … Local onde não era pra ter saído … CT DIAS D’ÁVILA É ELEFANTE BRANCO …

3 Trackbacks / Pingbacks

  1. Lateral do Vitória recebe sondagens de clubes das Séries B e C
  2. Barcelona-BA acerta contratação de Kel Baiano e retorno de João Grilo
  3. Bahia pronto para enfrentar o Fortaleza; veja provável escalação

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*