CSA aumenta chances de acesso e chega motivado para pegar o Vitória

Antes do jogo contra o Vasco, as possibilidades de acesso do CSA estavam em 5%

Na edição 2020, o CSA não conseguiu o acesso à Série A por muito pouco, finalizando a Série B na 5ª colocação, com 58 pontos, três pontos a menos que Juventude e Brusque, que subiram junto com América-MG e Chapecoense. Em 2021, o time alagoano está novamente na briga pelo acesso, porém, ainda a uma distância não tão próxima do G4. Na última sexta-feira, o Azulão venceu o confronto direto com o Vasco, em São Januáro, por 3 a 1, chegou à sétima colocação e saiu da rodada 32 com 48 pontos, a cinco do G-4.

 

Antes do jogo contra o Vasco, as possibilidades de acesso do CSA estavam em 5%, de acordo com o site Infobola. Depois da vitória, o percentual quase triplicou e chegou a 14%. Quarto colocado, o Goiás tem 53 pontos, a mesma pontuação do Avaí, e o CSA tem seis jogos para persegui-los. Também precisa ultrapassar o Guarani (6º com 49 pontos) e o rival CRB (5º com 51).

Nesta terça-feira, o CSA volta a jogar pela Série B contra o Vitória, às 16h, no Estádio Manoel Barradas. Se vencer o time baiano e contar com tropeços dos concorrentes, pode ficar a dois pontos do G-4. Na rodada 35, dia 8 de novembro, o time alagoano encara o Avaí, fora de casa, e pode tirar a diferença de três pontos num confronto direto.

O CSA ainda tem três jogos em casa e três fora até o fim da Série B. Depois de pegar o Vitória, enfrenta na sequência o Remo (casa), o Avaí (fora), o Confiança (casa), o Coritiba (fora) e o Brasil de Pelotas (casa).

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: [email protected]

Deixe seu comentário