Vagner Mancini é confirmado como novo técnico do Grêmio

A estreia de Mancini deverá ser no próximo domingo (17) contra o Juventude, na Arena do Grêmio, pela 27ª rodada.

Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Nesta sexta-feira, o novo vice-presidente de futebol do Grêmio, Dênis Abrahão, foi apresentado oficialmente e durante a entrevista, confirmou a contratação do técnico Vagner Mancini, que estava fazendo um bom trabalho no América-MG, mas pediu demissão e decidiu aceitar a missão de comandar a equipe gremista, vice-lanterna do Brasileirão, com 23 pontos, cinco a menos para sair do Z-4. A estreia de Mancini deverá ser no próximo domingo (17) contra o Juventude, na Arena do Grêmio, pela 27ª rodada.

 

“A comissão vem o Vagner Mancini e mais três auxiliares. A estrutura profissional do Grêmio se mantém. O desafio é grande, graças a Deus, sou movido a desafios. Vamos tirar o Grêmio dessa situação, não tenho dúvida disso”, afirmou Abrahão.

Natural de Ribeirão Preto (SP), Vagner Mancini tem no seu currículo um título da Copa do Brasil pelo Paulista de Jundiaí, em 2005, títulos estaduais por Vitória (2008 e 2016), Ceará (2011) e Chapecoense (2017). Mancini acumula quatro passagens pelo Vitória, a primeira em 2008, quando chegou para substituir Vadão e conquistou o Campeonato Baiano de 2008. No ano seguinte, deixou o clube aceitando um convite do Santos em fevereiro de 2009, no entanto, meses depois acabou demitido e retornou ao Vitória em agosto após a demissão de Paulo César Carpegiani.

A terceira passagem foi em 2015, contratado com a missão de levar o time de volta à Série A, e conquistou o acesso com uma excelente campanha. Em 2016, conquistou o título baiano, mas em setembro foi demitido após uma derrota por 2 a 1 para o Flamengo pela 24ª rodada da Série A, resultado que manteve a equipe na zona de rebaixamento. A quarta passagem iniciou em 2017, com missão de tentar evitar o rebaixamento no Campeonato Brasileiro, objetivo alcançado pelo treinado. Em julho de 2018 foi demitido do Vitória após uma goleada sofrida diante do Atlético PR por 4 x 0 na Arena da Baixada. Depois, passou por São Paulo como coordenador técnico e ficou um período como treinador, além de Atlético-MG, Corinthians e Atlético-GO.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*