Gilberto está perto de superar marcas de Edigar Junio e Bobô no Bahia

A marca de Edigar Junio, atacante que defendeu o Bahia entre 2016 e 2018, dura quase três anos

Foto - Felipe Oliveira/EC Bahia

No Esporte Clube Bahia desde 2018, o atacante Gilberto segue quebrando marcas importantes. No último domingo, o camisa 9 abriu caminho para o triunfo tricolor sobre a Chapecoense por 3 a 0, e chegou aos 22 gols na temporada, em 46 jogos disputados (39x titular e 7x reserva). Ele também tem 7 assistências, ou seja, uma participação direta de 33% dos gols do time até aqui. Com 11 gols no Brasileirão, Gilberto assumiu a artilharia da competição, junto Hulk (Atlético-MG) e Yuri Alberto (Internacional).

 

Com o gol anotado diante da Chape, Gilberto chegou aos 26 gols marcados na Arena Fonte Nova, ficando a um de igualar Edigar Junio como maior artilheiro da nova Arena, inaugurada em 2013. Edigar, atualmente no Japão, defendeu o Esquadrão entre 2016 e 2018, marcando 44 gols em 141 jogos. Além disso, Gilberto chegou a 79 gols com a camisa tricolor e se aproxima de Bobô, 17º maior artilheiro do clube, com 80 gols marcados.

Recentemente, o atacante de 32 anos se tornou o maior artilheiro de um clube do Nordeste na Série A. Ele tem 42 gols marcados e superou o recorde de Ramon, ex-Santa Cruz, que durava 46 anos e tinha feito 39 gols. Antes, Gilberto tinha superado Douglas como maior artilheiro do Bahia na Série A. Goleador do Tricolor na década de 70, Douglas soma 36 gols e já ficou bem para trás.

Gilberto pode quebrar essas marcas já na próxima quarta-feira, quando o Esporte Clube Bahia recebe o Ceará, em jogo atrasado da 23ª rodada da Série A, na Arena Fonte Nova.

 

Deixe seu comentário!

1 Trackback / Pingback

  1. Bahia abre venda geral de ingressos para jogo contra o Ceará

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*