Vitória divide posto de clube que mais utiliza atletas da base na Série B

o Leão da Barra oportunizou 698 minutos aos seus jogadores.

Foto: Pietro Carpi/ECV

Se por um lado, o Esporte Clube Vitória briga na parte inferior da tabela geral de classificação da Série B do Campeonato Brasileiro 2021, por outro, o clube está no topo dos clubes que mais utilizaram jogadores das categorias de base no turno inicial da competição, junto com Londrina e Botafogo.

 

Atrás somente do Londrina – clube que mais cedeu chance para os atletas formados na base -, o Leão da Barra oportunizou 698 minutos aos seus jogadores, segundo dados até a 21ª rodada. Em suma, a média contabilizando todos os clubes da Segunda Divisão é de 258 minutos.

Em síntese, somente nas 19 rodadas iniciais, o Rubro-Negro lançou a campo oito jogadores: os goleiros Lucas Arcanjo e Ronaldo; o zagueiro Mateus Moraes; os meio-campistas Cedric e Eduardo; e os atacantes Eron, Samuel e David.

Por outro lado, clubes nordestinos como CRB e Sampaio Corrêa, além do Brusque de Santa Catarina, deixaram de utilizar jogadores desenvolvidos nas suas bases. Já o CSA, rival do Galo, utilizou somente um, no entanto, por 10 minutos.

Ex-Vitória, o goleiro César, do Londrina, foi o atleta com mais tempo de jogo dentro das quatro linhas. Formado no clube paranaense, ele atuou em 18 dos 19 jogos como titular, somando 1.575 minutos.

O levantamento foi feito pelo ge, de acordo com o banco de dados do próprio site e também do portal ogol.

 

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*