Pelé deixa hospital após passar por cirurgia para retirada de tumor

O ex-jogador voltou para a sua casa no Guarujá, na Baixada Santista.

Após passar 30 dias internado, o ex-jogador Pelé deixou nesta quinta-feira o Hospital Albert Einstein, onde fez cirurgia para retirada de tumor no intestino. Edson Arantes do Nascimento, que está perto de completar 81 anos, deu entrada no hospital no dia 31 de agosto para realizar exames de rotina, mas em 4 de setembro teve diagnosticado um tumor no cólon direito. O material foi enviado para análise. Dez dias depois da cirurgia, o ex-jogador deixou a UTI e começou a recuperação em um quarto hospitalar.

 

Segundo informação do portal R7, após um período de “instabilidade respiratória”, chegou a receber cuidados na ala semi-intensiva, mas logo apresentou melhora e começou a fazer sessões de fisioterapia. Kely Nascimento, uma das filhas do Rei do Futebol, cuidou do pai na maior parte do tempo. Na última quarta (29), ela precisou voltar para os Estados Unidos, onde mora. Márcia Aoki também tratou dos cuidados particulares do marido.

Com dificuldades de locomoção devido à implantação de próteses nos quadris, em 2012 e em 2015, Pelé optou por check-ups mais demorados no hospital. Só não contava que passaria tanto tempo internado. Antes desse procedimento, o ex-jogador havia ficado cinco dias internado em um hospital em Paris, na França, e, logo na volta para o Brasil, teve de continuar o tratamento de uma infecção urinária em São Paulo, onde ficou internado por mais seis dias.

Em 23 de outubro, Pelé completará 81 anos. O ex-jogador voltou para a sua casa no Guarujá, na Baixada Santista.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*