Palmeiras rejeita proposta de R$ 45,6 milhões por atacante ex-Vitória

No mês passado, o Verdão já recusou outras duas ofertas por Wesley

Foto: Marcos Ribolli

O atacante Wesley, com boa passagem pelo Esporte Clube Vitória em 2019 emprestado pelo Palmeiras, segue recebendo investidas do City Football Group, administrador do Manchester City e outros clubes ao redor do mundo. Segundo informação do “ge”, o Verdão recusou na última segunda-feira uma proposta de 7,5 milhões de euros (R$ 45,6 milhões), sendo 6 milhões de euros (R$ 36,5 milhões) de forma imediata, além de mais 1,5 milhão de euros (R$ 9,1 milhões) em bônus. No mês passado, o atleta recebeu uma oferta doSeattle Sounders, dos Estados Unidos.

 

O Palmeiras tem direito a 70% dos direitos econômicos do jogador, por isso a quantia foi considerada baixa pela diretoria. O clube sempre definiu como número mínimo para fazer negócio pelo atacante algo em torno de US$ 10 milhões (R$ 51,5 milhões) só pela sua fatia.

O Grupo City, que faz parte do Grupo Unido de Investimento e Desenvolvimento de Abu Dhabi, é dona também do New York City (Estados Unidos), Troyes (França), Girona (Espanha), Melbourne City (Austrália), Yokohama Marinos (Japão) e Torque (Uruguai). Recentemente, a empresa comprou o atacante Thiago Andrade, do Bahia.

Natural de Salvador, Wesley tem 21 anos e sempre foi tratado como um atleta de muito potencial das divisões de base do Palmeiras. Ele foi campeão do Campeonato Brasileiro Sub-20 em 2018, sendo um dos principais destaques do time, inclusive, marcando gol na final contra o Vitória no Estádio Manoel Barradas. Sem espaço no elenco principal do Verdão, foi emprestado ao Vitória em 2019 e foi titular da equipe rubro-negra na Série B, marcando 5 gols em 28 jogos. Com o bom desempenho, retornou ao Palmeiras no início de 2020 e se tornou uma peça importante do elenco, inclusive, sendo titular e marcando gol na final da Copa do Brasil, em que o time paulista sagrou-se campeão em cima do Grêmio. Wesley tem oito gols em 63 partidas pelo Palmeiras.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*