Gegê aponta problemas determinantes para o rebaixamento do Jacuipense

"O time não encaixou na forma ofensiva como a gente esperava", disse.

Foto: Rafael Machaddo

Rebaixado para a Série D do Campeonato Brasileiro 2021, o Jacuipense vai ter muito trabalho para reformular o time para a próxima temporada. Apesar da vitória sobre o Altos-PI, no último sábado (25), o clube pecou em criatividade durante a temporada. Para o presidente Gegê Magalhães, os reforços ajudaram na reta final, no entanto, o planejamento passou longe de ser cumprido.

 

“O time não encaixou na forma ofensiva como a gente esperava. Tivemos problemas também na parte de criação. Acho que o time, na reta final, com algumas peças que chegaram se encaixaram muito bem como Radar, Bruninho, Jean, Kaefer”, relatou. “O planejamento desse ano foi todo para brigar pelo título baiano, brigar pelo acesso à Série B, mas tivemos um ano ruim. Se for ver, não tivemos muitas derrotas, mas empatamos muito”, completou em entrevista ao site Bahia Notícias.

Nesse sentido, o Leão Grená redireciona as atenções para as eliminatórias da Copa do Nordeste 2022. No próximo dia 13 de outubro, enfrenta o Atlético-CE, na Arena Valfredão, pelo jogo único da primeira fase do torneio. Desse modo, visando a classificação à fase de grupos, Gegê revelou cortes no elenco da equipe de Riachão do Jacuípe.

“Com certeza vai ter uma lista de dispensas, vamos colocar um time enxuto para a disputa das eliminatórias da Copa do Nordeste. E já buscando o entrosamento para iniciar o ano que vem mirando uma ascensão novamente no futebol brasileiro”, falou. “Mas ainda vamos ter uma reunião da diretoria nessa semana com todos. O Jacuipense é um clube extremamente democrático, vamos sentar com todos os envolvidos, fazer uma avaliação geral e buscar levantar a cabeça. É muito doloroso, não esperava que seria tão doloroso, de verdade. É um sentimento muito ruim, mas vamos buscar essa recuperação o quanto antes, motivar a equipe e ver quais os jogadores que vão ficar”, finalizou o dirigente.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*