Ex-Bahia e Palmeiras, Guerra anuncia aposentadoria aos 36 anos

Alejandro Guerra anunciou nesta terça-feira que encerrou a carreira

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Com passagem por Palmeiras e Bahia no futebol brasileiro, o meia Alejandro Guerra anunciou nesta terça-feira a sua aposentadoria aos 36 anos. O venezuelano atuou pela última vez no Delfines del Este, equipe da República Dominicana, no primeiro semestre de 2021. O maior momento de sua carreira foi em 2016, quando conquistou a Copa Libertadores pelo Atlético Nacional, da Colômbia, e foi eleito o melhor jogador da competição. Após o bom desempenho, foi contratado pelo Palmeiras em 2017, porém, não vingou. Em 2019, foi emprestado ao Bahia, onde disputou 18 partidas.

 

Natural de Caracas, na Venezuela, Alejandro Guerra chegou ao Palmeiras em 2017 com a pompa de ter sido melhor jogador da Copa Libertadores do ano anterior vestindo a camisa do Atlético Nacional, porém, não vingou pelo clube paulista e sofreu com as lesões. Em 2017, fez 38 jogos e marcou 7 gols. Em 2018, pouco entrou em campo, passou 4 meses se recuperando e quando entrou foi saindo do banco. Jogou 23 partidas e anotou apenas um gol. Ao todo, marcou oito gols em 62 partidas. Em 2019, foi emprestado ao Bahia, mas também não vingou. Fez 18 jogos e marcou um gol, não permanecendo após o fim do empréstimo. Voltou ao Palmeiras, mas não foi aproveitou e ficou treinando separado até o encerramento do contrato. Seu último clube foi o Delfines del Este, equipe da República Dominicana.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*