A três dias de receber o Bahia, Arena Fonte Nova desmobiliza Hospital de Campanha

A unidade de saúde estava destinada ao atendimento de pacientes contaminados pela Covid-19

Foto: Sesab

Palco do próximo jogo do Esporte Clube Bahia, pela 21ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro 2021, o Hospital de Campanha da Arena Fonte Nova teve seus equipamentos desmobilizados nesta quarta-feira (15). A unidade de saúde estava destinada ao atendimento de pacientes contaminados pela Covid-19, bem como detinha de leitos clínicos e de UTI.

 

Desde o início da pandemia, o hospital permaneceu aberto em dois momentos no palco do duelo contra o Red Bull Bragantino, no próximo sábado (18), às 21h. No ano passado, a unidade de saúde abriu no dia 7 de junho até 16 de outubro. Em seguida, neste ano, precisou ser reaberto 4 de março até 6 de setembro.

De acordo com a secretária em exercício da Saúde, Tereza Paim, a desmobilização do hospital aconteceu conforme a redução da demanda por atendimento hospital para pacientes com a doença.

“Fazemos avaliações diárias da situação epidemiológica no estado e verificamos que poderíamos, no momento, desmobilizar a unidade sem prejuízo para assistência ao paciente com Covid-19”, explicou.

Acima de tudo, o Hospital de Campanha atendeu 2.840 pacientes. Em suma, mediante a desmobilização da unidade, que contou com até 200 leitos, os aparelhos vão ser remanejados para as diversas unidades de assistência da rede da secretaria da Saúde do estado (Sesab).

Portanto, o espaço interno da Arena Fonte Nova está disponível para voltar a receber jogos do Bahia. No próximo sábado (18), o Esquadrão de Aço enfrenta o Red Bull Bragantino, às 21h, pela 21ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

Comentários:

1 Trackback / Pingback

  1. Bruno Reis garante publicação de protocolo de retorno do público aos estádios até segunda

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*