Volante disputa causa de quase R$ 150 mil com o Vitória na Justiça

Quando deixou o clube, Baraka acertou com o Rubro-Negro um acordo

Foto: Letícia Martins/Divulgação/EC Vitória

Os problemas extracampo do Esporte Clube Vitória seguem conduta idêntica tal qual os empecilhos internos às quatro linhas. Um dos mais recente trata-se da dívida do clube com o volante Baraka. Aproximadamente R$ 150 mil é o valor da dívida da agremiação com o ex-jogador do time.

 

O Leão da Barra teve o acionamento na Justiça após deixar de quitar quatro das cinco parcelas concordadas com o meio-campista depois de sua rescisão, em 2019. Sendo assim, o Vitória foi acioado há pouco mais de um ano para quitar os valores. No entanto, sofreu uma segunda derrota, onde o valor do débito ampliou em pouco menos de R$ 30 mil.

Quando deixou o clube, Baraka acertou com o Rubro-Negro um acordo. Nele, o clube efetuaria o pagamento de cinco parcelas de R$ 31.400. Contudo, a agremiação quitou apenas uma. Em suma, os valores são referentes a verba rescisória, salário, férias proporcionais, 13° salário e parcelas não recolhidas do FGTS.

Por fim, com o valor questionado, o Vitória aguarda uma nova decisão do magistrado acerca da dimensão do valor a ser liquidado, nos próximos dias.

Baraka vestiu o manto rubro-negro em 2019. Na ocasião, assumiu a titularidade e também o posto de capitão do time na segunda parte da temporada. O jogador disputou 22 jogos durante cinco meses.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*