Na estreia de Dabove, Bahia tenta iniciar reação diante do Fluminense

Bahia tenta reagir no Campeonato Brasileiro da Série A

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Esporte Clube Bahia está há quase metade de um turno sem vencer. A sequência negativa sem triunfos rebaixou a diferença de pontos para os times da zona de rebaixamento. Com o Grêmio, autor da última derrota tricolor baiano, na abertura do Z-4, com 16 pontos, o Esquadrão de Aço visualiza a parte inferior da tabela pela primeira vez de forma incisiva desde o começo da Série A do Campeonato Brasileiro 2021.

 

Mantido com dois pontos a mais do que o time gaúcho, o Esquadrão de Aço poderia cair para a zona de rebaixamento nesta rodada em caso de derrota somado a triunfo do Grêmio sobre o Corinthians. Entretanto, a equipe gaúcha foi derrotada por 1 a 0 e permaneceu dentro do Z4 com 16 pontos, na 18ª posição.

Ainda assim, o drama da agremiação baiana tem um fator a mais: o empate em pontos com o adversário da rodada 18. Com a mesma pontuação do Tricolor das Laranjeiras, o Esquadrão pode perder uma posição em caso de revés e assumiu a portaria do Z4.

Antes de mais nada, a distância de apenas dois pontos para o Z-4, se configura como a menor desde a largada inicial do Brasileirão. Na primeira derrota, da série de sete jogos sem vencer, para o São Paulo, o Bahia estava na 6ª posição, com 17 pontos. Juntamente com isso, separado do Fortaleza (5°) por um ponto.

Por fim, da 11ª para a 17ª rodada, o Leão do Pici acumulou 14 pontos, ocupando a 3ª colocação, com 32. Por outro lado, o Tricolor Baiano somou somente um, no empate com o Cuiabá, por 1 a 1, na rodada de número 15, e desceu de vez a ladeira, amargando uma sequência de sete rodadas sem vencer, sendo seis empates.

A novidade para o jogo é a estreia do técnico argentino Diego Dabove, contratado após demissão de Dado Cavalcanti. Na derrota para o Grêmio, a equipe foi comandada interinamente pelo português Bruno Lopes. Portanto, será a primeira vez do argentino na beira do campo tentando começar com o pé direito e quebrar o jejum de triunfos.

JOGOS DA 18ª RODADA DA SÉRIE A

SÁBADO, 28/08
17h00 – Sport 0 x 0 Chapecoense
19h00 – Santos 0 x 4 Flamengo
21h00 – Grêmio 0 x 1 Corinthians
21h00 – Palmeiras 2 x 1 Athletico-PR

DOMINGO, 29/08
11h00 – América-MG 2 x 0 Ceará
16h00 – Juventude 1 x 1 São Paulo
18h15 – Atlético-GO 0 x 0 Internacional
20h30 – RB Bragantino 1 x 1 Atlético-MG

SEGUNDA, 30/08
19h00 – Fluminense x Bahia
21h30 – Fortaleza x Cuiabá

Deixe seu comentário!

4 Comentário

  1. Treinador não faz lançamento, não, faz gol, não marca, não defende.
    É possível que aja uma melhora do time, por um período curto.
    Treinador não faz jogador ruim, virar craque. Portanto, se não fizer as contrações pontuais e de jogadores comprovados tecnicamente, antes do fim do campeonato, vão fritar o treinador Dabove.
    Só resta nos colocarmos o coração na mão.

  2. Na boa, pode colocar até Guardiola ou Mourinho, com este péssimo elenco não vai a lugar nenhum, enquanto tivermos um presidente com este, o Bahia irá penar ano após ano. Triste situação.

  3. Estamos em situação difícil criada por está gestão FRACASSADA .. nós resta torcer para que este treinador dê uma forma de jogo a este plantel com vários atletas superados.pra cima BAAAEEEA …

  4. Não existe mais essa diferença de 2 pontos, o primeiro time da zona é o América com os mesmos 18 pontos do Bahia. Hoje tem que pontuar, mínimo o empate.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*