Juazeirense luta, vence o Santos, mas se despede da Copa do Brasil

Juazeirense venceu o Santos, mas não foi suficiente para buscar os pênaltis

O futebol baiano teve um péssimo rendimento na rodada de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, deixando a situação para o jogo de volta praticamente irreversível. O Esporte Clube Vitória após perder por 3 a 0 no Barradão, sofreu uma nova derrota para o Grêmio em Porto Alegre, agora por 1 a 0, na última terça-feira, se despedindo da competição. Já o Esporte Clube Bahia até deu esperança ao seu torcedor, depois de perder por 2 a 0 no Mineirão, abriu 2 a 0 no primeiro tempo no Estádio Joia da Princesa, no entanto, recuou no segundo tempo e acabou levando um gol que culminou com a eliminação tricolor no torneio nacional.

 

Nesta quinta-feira, foi a vez da Juazeirense decidir seu futuro na Copa do Brasil, mas tinha uma missão ainda mais difícil do que a dupla Ba-Vi, aliás, tratada como “quase impossível” por muitos. Porém, assim como o Bahia diante do Atlético-MG, o Cancão de Fogo abriu 2 a 0 no placar em cima do Santos no Adauto Moraes com gols de Ian Augusto e Thauan, aos 24 e 27 minutos, mantendo acesa as esperanças de classificação mesmo depois da goleada sofrida na ida.

Na etapa final, a equipe baiana cansou e não conseguiu manter o embalo para reagir e, quem sabe, buscar mais dois gols para forçar a disputa por pênaltis. O Santos, que começou o jogo com apenas 4 titulares, fez mudanças colocando em campo outros titulares. Com isso, conseguiu controlar e administrar o resultado, mantendo o placar no 2 a 0 e garantindo a classificação e mais R$ 3,45 milhões como premiação.

Ainda assim, não podemos tratar a eliminação da Juazeirense como algo “decepcionante” ou algo do tipo, muito pelo contrário, o time de Juazeiro fez história na competição, se tornando o primeiro time do interior da Bahia a chegar nas oitavas de final e a segunda equipe da Série D a alcançar esta fase. Eliminou dois campeões (Sport e Cruzeiro), sendo o clube mineiro o maior campeão do torneio. Conquistou resultados heroicos, como a classificação em cima do Volta Redonda quando chegou a estar perdendo por 3 a 0, alcançou o empate e venceu nos pênaltis.

Agora a Juazeirense volta suas atenções apenas para o Campeonato Brasileiro da Série D, onde faz uma excelente campanha, liderando o Grupo 4 com 19 pontos e ainda invicto, somando cinco triunfos e quatro empates. O próximo compromisso do Cancão de Fogo é no domingo (08), às 16h, contra o Retrô-PE, no Estádio Adauto Moraes, pela 10ª rodada da primeira fase.

FICHA TÉCNICA
JUAZEIRENSE 2 X 0 SANTOS
COPA DO BRASIL (OITAVAS – 2º JOGO)
LOCAL: Estádio Adauto Moraes, Juazeiro
DATA: 05/08/2021 (quinta-feira), 19h15
ÁRBITRO: Douglas Schwengber da Silva (RS)
ASSISTENTE: Leirson Peng Martins (RS)
ASSISTENTE: Lucio Beiersdorf Flor (RS)
VAR: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)

GOLS: Ian Augusto e Thauan (Juazeirense)

JUAZEIRENSE
Rodrigo Calaça; Guilherme Lucena, Jamerson, Wendell e Daniel; Waguinho, Patrik, Sapé e Ian; Kesley e Thauan. Técnico: Carlos Rabello.

SANTOS
João Paulo, Pará, Vinícius Balieiro, Wagner Leonardo e Felipe Jonatan; Ivonei, Gabriel Pirani e Vinicius Zanocelo; Ângelo, Marcos Leonardo e Bruno Marques. Técnico: Fernando Diniz.

Deixe seu comentário!

1 Comentário

  1. Parabens a Juazeirense pela campanha que fez, digna e exemplar na Copa do Brasil.
    Fez uma campanha muito melhor que o Bahia, visto que enfrentou adversários de renome no cenário nacional, enfrentando e eliminando times, o único time grande que enfrentou foi o Atlético Mineiro.
    Bellitani que sempre compara o orçamento do Bahia com os times grandes do Sul para justificar a classificação no brasileiro, deveria prestar a atenção ao orçamento da Juazeirense que enfrentou times mais cascudos na Copa do Brasil e jogou de igual para igual, obtendo resultados expressivos.
    Dewveria prestar a atenção para os orçamentos de Atlético Goianiense e Atlético Paranaense e comparar o desempenhos destes clubes nas competições nacionais, bem como,Fortaleza e Ceará.
    Ver também a campanha do Juventude neste brasileiro.
    Parabéns Juazeirense pela campanha na Copa do Brasil. Honrou sua torcida e sua cidade, além de marcar História no cenário esportivo brasileiro.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*