Triunfo, quebra de tabivis e oscilações Tricolores – por Erick Cerqueira

O Bahia, mais que o futebol, é a verdadeira caixinha de surpresas.

Fala, Nação Tricolor! Que Bahia é esse? 

A gente sempre comenta nas rodas de bar que todo time oscila no campeonato. Mas o Bahia não só oscila como é praticamente uma montanha russa. Não dá cravar o que virá desse time nos 90 minutos.

Se contra o Inter a gente fez a pior partida do ano e tomamos 1×0, podemos dizer que o time fez as duas melhores partidas do Brasileirão nos jogos contra o Red Bull e o Palmeiras, apesar de sair somente com 1 ponto desses dois conflitos.

O Bahia, mais que o futebol, é a verdadeira caixinha de surpresas.

Quando tomamos aquele terceiro gol na casa do Palmeiras, a gente saiu pensando: que injustiça. Jogamos muito contra um grande clube, na casa deles. Viramos o jogo, botamos pressão… mas o Coelho mineiro vai pagar a sacanagem do porco paulista.

Aí tome balde de água fria, com o atual vice-lanterna colocando 4×1 na gente, em pleno PituAço. Surge a desconfiança: o Bahia não sabe ser protagonista (CERQUEIRA, Ruy. 2021). E pra piorar, viria a Chape, de novo, a atual vice-lanterna.

Começa o jogo na Arena Condá, onde nunca havíamos vencido, e o  time faz 30 minutos de um futebol ruim, sem um chute a gol. O trauma de ressuscitar defunto volta a assombrar a torcida, que já começava a xingar Dado por não colocar Gilberto logo, já que Rossi também desfalcava o time. Pra piorar, ele coloca Rodriguinho de falso 9, Tonny Anderson de falso 10 e Thaciano de falso ponta-direita. Com tanta falsidade o time não andava e a desconfiança crescia. Do outro lado a Chapecoense vivia de bola cruzada na área.

Michael Douglas faz grande jogada e chuta. O goleiro dá rebote e Thaciano não alcança.

Acredite, foi o único chute perigoso do primeiro tempo em direção ao gol.

Segundo tempo e a Chape quase marca aos 16. Aos 19, 1 minuto antes do que ele sempre faz, Dado coloca Gilberto em campo e o maior artilheiro da história do Bahia em Campeonatos Brasileiros muda o jogo.

Cruzamento na área, rebote da zaga e a bola procura o craque. De fora da área lança um foguete e o goleiro só fez cair sentado igual uma jaca. Bahia 1×0, aos 21:36min do segundo tempo. 

Aos 23:36min, exatamente 2 minutos depois, Gilberto disputa cruzamento de Nino pelo alto, mas a bola sobra pra Rodriguinho, que “fazia hora-extra em campo” (OLIVEIRA, Anderson. 2021), fazer o segundo gol e fechar o placar. Bahiaço 2×0.

BORA BAÊA MINHA PORRA!

Com o triunfo o time volta a encostar no G4 e o mais importante, se consolida na primeira página nessa rodada. Acaba um tabu de não vencer em Chapecó, termina a sequência de duas derrotas pra times de verde, pra afastar qualquer superstição e consegue recuperar 3 pontos perdidos no jogo passado. Ainda falta buscar fora pelo menos 5 (contra Inter e Corinthians), pra ficar bem na fita.

Que venha o Juventude (outro verde)! Tem que brocar, fazer o dever de casa e manter esse bom início de campeonato. Mas tem de jogar bem mais do que vimos hoje. 

Tomara que jogue como o Bahia que jogou contra o Palmeiras, e consiga o resultado que conseguiu contra a Chape, nessa montanha russa de oscilação que é o nosso Tricolor!

Comentários:

6 Comentário

  1. Em atendimento ao Sr Sérgio De Barros respondo de forma construtiva que : O Torcedor do BAEAAAA é insuperável quer sempre o melhor para o clube !!! Como nosso hino destaca de forma clara QUE NINGUÉM NÓS VENCE EM VIBRAÇÃO !!! Por tanto e/ou para tanto fica claro que nossos objetivos é sempre querer que sejamos sempre melhor !!! E quanto a sua sugestão recomendo ao senhor que marque uma consulta junto ao departamento médico do torcedor e vá fazer um tratamento assistindo jogo no meio da nossa torcida !!! Destaco que vai ter que esperar pois ainda não pode ser tratado devido às restrições da PANDEMIA COVID !!!!

  2. Fala sério DADO não pode ser treinador pra nosso BAEAAAA de hoje !!! Posso afirmar que não somos 1º hoje por culpa dele !!! TREINADOR DE SUB 23 !!!! Bellitsni péssimo gestor continua o mesmo de 2019/2020 !!!! Contrata mal e gasta de forma errada o maior orçamento de um clube do norte e nordeste !!! Ele hoje tem o maior número de desistência de sócios torcedores desde nossa existência!!! Sem falar que ele BELLINTANI é reconhecidamente um (1313) AZAR DOBRADOR !!!

  3. Com tantas narrativas pessimistas, fica a Pergunta e Sugestão:
    Como o time pode superar sua própria torcida?
    E se realmente torcem pelo Tricolor de Aço, que sejam vibrantes e se possuem algum tipo de dores procurem consultório da especialidade médicas dos problemas Neuro Psico Orgânico de vocês!

  4. Sou tricolor de aço, quero ver meu time lá em cima da tabela, mas falar a verdade eh preciso, esse Dado não sabe nada de treinar uma equipe profissional de futebol.

    Cara, são os mesmos ERROs de sempre. Pra mim hoje GANHOU mas não convenceu. O time não sabe marcar, meio de campo só fica um jogador que é o Daniel( que tá longe de ser um meio campista armador que precisamos – pra mim é um jogador fraco, só joga pra trás feito caranguejo). Esse treinador também é muito fraco . Apesar de Rodriguinho ter feito o gol, ele erra 8 passes de 10 que tenta fazer. O Dado tem medo de tirá-lo do jogo, mesmo sabendo que o cara não marca, erra muitos passes e de vez em quando acerta alguma coisa, como foi hoje no gol. Aliás, alguém pode me explicar porque esse treinador não escalou Gilberto de primeira? Não tó falando isso porque fez o gol não, mas é porque eh o temos de melhor no ataque. Outra coisa, Tarciano sumiu de campo já faz tempo, não tá jogando nada ou então esse treinador tá colocando ele na posição errada. Fico com esta ultima opção.
    Os jogadores não aproximam de jeito nenhum para receber a bola. Será que tem treinador nesse time mesmo? Rapaz, todos os times do mundo estão jogando de forma compactada, marcação sob pressão, e zaga, meio e ataque campactam para jogar no um-dois. Bragantino tá dando show com time de jovens atletas. Não tem medalhão e nem jogadores holofotizados, mas o técnico sabe treinar o time. Sei que tá muito cedo pra falarmos que ganhará alguma coisa, mas que tá jogando bonito e tendo resultados tá.
    Eu fico assistindo o jogo do Bahia no maior nervoso, pois todo jogo é a mesma coisa. Sofrimento. Time tomando abafa. Vejam o jogo do Corinthias, time muito burocrático sem jogo bonito de vê, entretanto, tomamos pressão dentro de casa pra esse time.
    Finalizando, parabéns pra Gilberto pelo gol e pro Rodriguinho também, espero que Gilberto fique aqui no Bahia, agora não aguento mais ver meu time tomando pressão de time que a meu ver é tecnicamente inferior ao nosso. E por quê toma pressão? Porque não sabe marcar. Vejam o segundo tempo do jogo de hoje, me façam uma garapa, tomar pressão de um tipe vice lanterna com todo respeito a Chapecoense é demais.

    Alguém ensina por favor a esse time marca por favor, porque pelo visto o treinador nao sabe.

  5. A análise de Erick é superficial, mas gosto pela linguagem e maneira fácil de colocar em palavras o que nós torcedores pensamos.
    Sem baixar o nivel e cair no extremismo.
    Solicito ao valoroso site uma matéria sobre as “já tardias” contratações do Bahia que ñ chegam.
    Uma materia com profundidade: com mais informações e notícias e menos opinião.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*