Contra o Montevideo City, no Uruguai, Bahia estreia hoje na Sul-Americana

A melhor campanha do Bahia na Sul-Americana foi em 2018 e 2020

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Pelo quarto ano seguido, o Esporte Clube Bahia está na Copa Sul-Americana, e a estreia na edição de 2021 será nesta quarta-feira (21), contra o Montevideo City Torque, às 21h30, no Estádio Parque Alfredo Victor Viera, localizado no bairro Prado, na cidade Montevidéu, capital do Uruguai, e pertencente ao Montevideo Wanderers. Pela primeira vez, a Sul-Americana será disputada com o formado de fase de grupos antes do tradicional mata-mata. O Esquadrão figura no Grupo B, ao lado de Independiente (ARG), Guabirá (BOL) e Montevideo City (URU). Após estrear contra o time uruguaio, o Bahia terá duas partidas consecutivas como mandante, nos dias 27 de abril e 4 de maio, contra o Guabirá-BOL e Independiente-ARG. O atacante Rossi, suspenso, desfalca a equipe de Dado Cavalcanti.

 

Na edição de 2020, a última com o formato 100% eliminatório, o Bahia começou avassalador, obtendo o segundo melhor aproveitamento da primeira fase ao despachar o Nacional-PAR vencendo por 3 a 0 em Salvador e 3 a 1 no Paraguai. Na segunda fase, perdeu o jogo de ida para o Melgar-PER, por 1 a 0, mas na volta não teve trabalho para golear por 4 a 0 na Fonte Nova e avançar às oitavas de final para enfrentar o Unión Santa Fé, da Argentina. Após vencer por 1 a 0 nos primeiros 90 minutos, o Esquadrão segurou um empate sem gols na Argentina, se tornando o único brasileiro entre os oito melhores times do torneio.

Porém, assim como em 2018, quando foi eliminado pelo Athletico-PR, o Tricolor foi eliminado nas quartas de final. Na ida, perdeu por 3 a 2 para o Defensa y Justicia, na Fonte Nova, e na casa do adversário foi novamente derrotado por 1 a 0. O Defensa chegou na decisão e conquistou o título vencendo o Lanús na final por 3 a 0.

A Copa Sul-Americana de 2021 foi dividida em três fases: preliminar, fase de grupos e mata-mata (a partir das oitavas de final). 16 times avançaram da fase preliminar à fase de grupos e se juntaram a seis equipes brasileiras e seis argentinas. Além disso, quatro times eliminados na terceira fase da Libertadores também foram adicionados a esta fase da Sul-Americana. Com isso, foram definidos oito grupos com quatro equipes em cada.

Somente o primeiro colocado de cada grupo avança ao mata-mata. Eles enfrentam os terceiros colocados das chaves da Libertadores nas oitavas de final. A decisão da Sul-Americana será realizada em jogo único no dia 6 de novembro. Esta é a primeira vez que a Sul-Americana conta com fases de grupo desde a sua criação, em 2003. Até então, o campeonato era disputado em formato eliminatório em todas as fases. O último campeão do torneio foi o Defensa Y Justicia, da Argentina. Entre os brasileiros, Internacional (2008), São Paulo (2012), Chapecoense (2016) e Athletico-PR (2018) já faturaram a competição.

GRUPOS DA SUL-AMERICANA 2021:

GRUPO A: Rosario Central (ARG), Huachipato (CHI), 12 de Octubre (PAR) e San Lorenzo (ARG).

GRUPO B: Independiente (ARG), Bahia, Guabirá (BOL) e Montevideo City (URU).

GRUPO C: Jorge Wilstermann (BOL), Arsenal (ARG), Ceará e Bolívar (BOL).

GRUPO D: Athletico-PR, Melgar (PER), Alcas (EQU) e Metropolitano (VEN).

GRUPO E: Corinthians, Sport Huancayo (PER), River Plate (PAR) e Peñarol (URU).

GRUPO F: Newell’s Old Boys (ARG), Palestino (CHI), Atlético-GO e Libertad (PAR).

GRUPO G: Emelec (EQU), Tolima (COL), Talleres (ARG) e Red Bull Bragantino.

Grupo H: Lanús (ARG), La Equidad (COL), Aragua (VEN) e Grêmio.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*