Vitória demite componentes da equipe médica devido problemas financeiros

Entre as baixas, está a saída de José Olímpio, coordenador médico do clube

Foto: Thiago Pereira

As finanças do Esporte Clube Vitória é precária, aliás, como boa parte dos clubes brasileiros, no entanto, se agravou com os problemas relacionados com à crise do coronavírus e no caso especifico do Leão, com a queda de divisão que lhe trouxe reduções significativas nas suas receitas. Diante disso, o clube buscando uma readequação financeira para a temporada de resolveu desligar componentes da equipe médica do clube. A informação foi publicada originalmente no portal Arena Rubro-Negra e a assessoria do Leão confirmou.

 

Entre as baixas, está a saída de José Olímpio, coordenador médico do clube, e com mais de 30 anos de Toca do Leão. Além de Olímpio, também foram demitidos os médicos Marcelo Côrtes, Luis Filipe Fernandes e Wilson Vasconcelos.

“Fomos pegos de surpresa. A decisão é do presidente. Mesmo com quase 10 meses sem receber, a equipe era toda comprometida”, disse Dr° Olímpio ao Arena Rubro-Negra.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*