Meia com passagem pelo Bahia vai disputar a Série B por clube paulista

Régis acumula passagens pelo Bahia e defendeu o Cruzeiro em 2020

Através do seu perfil do Twitter, o Guarani Futebol Clube comunicou oficialmente a contratação do meia Régis, que no ano passado disputou o Campeonato Brasileiro da Série B pelo Cruzeiro. O jogador é a 11ª contratação do time paulista para a temporada 2021. O jogador passou pelos tradicionais exames médicos e assinou contratado o Guarani até o final do Campeonato Brasileiro da Série B. Régis passou pelo Bahia nas temporadas de 2016 até 2019 marcando 23 gols com a camisa tricolor. Além do Bahia, o jogador passou pelo São Paulo onde começou em 2008, Paulista-SP, América-RN, Chapecoense-SC, Sport-PE, Palmeiras, All Wehda (ARA), Corinthians e Cruzeiro.

 

Régis chegou ao Bahia em 2016, emprestado pelo Sport-PE, após passagem apagada pelo Palmeiras. Na primeira temporada pelo tricolor, marcou 4 gols em 26 jogos. Em 2017, deslanchou e foi peça importante na conquista da Copa do Nordeste, marcando 13 gols em 49 jogos no ano. Acabou sendo envolvido na negociação pelo goleiro Jean e ficou em definitivo no Tricolor. Em 2018, manteve as boas atuações, atuando 43 vezes e marcando 6 gols, atraindo a atenção do Al-Wehda que pagou para ter o jogador por empréstimo em setembro de 2018 até julho de 2019. Porém, não atuou pela equipe árabe e retornou ao Brasil, sendo emprestado ao Corinthians, atuando apenas sete jogos na temporada passada. Em 2020, Régis atuou apenas dois jogos, contra River-PI pela Copa do Brasil e CSA pela Copa do Nordeste, ambos saindo do banco de reservas. Emprestado ao Cruzeiro, Régis atuou em 29 jogos e marcou 3 gols.

Ficha técnica

Nome completo: Régis Augusto Salmazzo
Data de nascimento: 30/11/1992
Natural de Turmalina-SP
Altura: 1,70 m
Pé preferencial: Canhoto

Comentários:

1 Comentário

  1. Ano passado teve um monte de torcedor corneta que teve ataque de pelanca porque Regis não era titular absoluto. Jogador mediano pra entrar aos 20 minutos do segundo tempo e olhe lá, e ainda tirava onda por aqui.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*