Em duelo com apagão duplo, Juazeirense elimina o Sport da Copa do Brasil

Com o triunfo, a Juazeirense garantiu a classificação e embolsou R$ 675 mil

De virada e de forma surpreendente, resistindo além das suas conhecidas limitações, a Juazeirense brilhou e está na segunda fase da Copa do Brasil pela segunda vez na sua terceira participação na competição milionária promovida pela CBF. O time de Juazeiro tinha uma tarefa dura e de difícil execução. Sem nenhuma outra alternativa o time baiano precisava vencer o Sport dentro do Estádio Adauto Moraes, já que o time pernambucano pelo melhor ranqueamento na CBF aceitava um simples empate para se manter na competição, além disso, encerrar uma sequência de duas eliminações ainda na primeira fase: em 2019 sendo despachado pelo Tombense e em 2020 para o Brusque. No entanto, mesmo com os fracassos recente o time pernambucano desembarcou em Juazeiro ostentando a condição de clube de melhor aproveitamento entre os clubes do Nordeste, inclusive, conquistando o titulo em 2018 superando o afamado Corinthians.

 

Porém, quando a bola rolou, o time baiano foi valente e determinado. Abriu o placar antes mesmo do segundo minuto de jogo através de Kesley aproveitando falha do gol Luan Polli que deu reboque em falta batida por Clébson em gol que abriu novos horizontes para o time baiano. Manteve o jogo equilibrado, porém, levou a virada ainda no primeiro tempo com gols de Ronaldo Henrique e Mikael, parecendo indicar que o sonho do avanço e da premiação que seria fundamental para a saúde financeira do clube havia se perdido.

A partida foi interrompida por 25 minutos por conta de um apagão. Quando a bola voltou a rolar, os refletores apagaram mais uma vez e o jogo ficou paralisado por mais de uma hora. Além do apagão, a diretoria do Sport reclamou da entrada da ambulância em campo, dos irrigadores que foram ligados durante a partida e sumiço dos gandulas. Depois de muita demora, os jogadores da Juazeirense quiseram jogar, mas os atletas do Sport não aceitaram e o árbitro encerrou o jogo que deve parar nos tribunais.

Porém, no segundo tempo o quadro se modificou completamente. Sem nada mais para perder o time foi para frente de forma destemida virou a partida com gols marcados Clébson e Dedé, chegou aos 3 x 2 e avançou na competição, assim como já feito ontem a dupla Bahia e Vitória que venceram Campinense e Águia Negra, respectivamente.

O adversário da Juazeirense na 2ª fase da Copa do Brasil sairá do confronto entre Castanhal e Volta Redonda, que se enfrentam na quarta-feira (17), às 20h, no Estádio Modelão.

Essa foi a terceira participação da Juazeirense na Copa do Brasil e a sua melhor participação havia sido em 2016, quando despachou o Cuiabá nos pênaltis, porém, sendo eliminado pelo Botafogo ao perder por 3 a 1 na segunda fase. Em 2019, a Juazeirense bateu na trave. Após sair atrás no placar, o Cancão de Fogo virou o jogo contra o Vasco, mas levou o empate polêmico nos acréscimos do segundo tempo e deu adeus à Copa do Brasil com o 2 a 2.

Com a classificação heroica à segunda fase, a Juazeirense embolsa R$ 675 mil, chegando a um total de R$ 1,235 milhão (somando com a cota de participação na fase inicial: R$ 560 mil). Já o Sport deixa de faturar R$ 1,07 milhão, que seria a sua premiação em caso de conquistar a vaga, e se despede precocemente da Copa do Brasil apenas com a cota por ter participado da primeira fase: R$ 990 mil.

JOGOS DE HOJE PELA COPA DO BRASIL

Madureira-RJ 0 x 1 Paysandu-PA (Aniceto Moscoso, no Rio de Janeiro)
4 de Julho-PI 1 x 0 Confiança-SE (Albertão, em Teresina-PI)
Gama 1 x 2 Ponte Preta (Serra do Lago, em Luziânia-GO)
Rio Branco-ES 2 x 1 Sampaio Corrêa-MA (Kléber Andrade, em Cariacica-ES)
Cianorte-PR 1 x 0 Paraná-PR (Albino Turbay, em Cianorte-PR)
Juazeirense 3 x 2 Sport-PE (Adauto Moraes, em Juazeiro-BA)
Moto Club-MA x Botafogo-RJ (Castelão, em São Luiz-MA)

Comentários:

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*