Com suspeita de lesão no ligamento do joelho, meia do Vitória passará por exame

Rodrigo Chagas lamentou a lesão e torce para que não seja grave

FOTO: Pietro Carpi/ECV

Nesta quarta-feira, Bahia e Vitória ficaram no empate sem gols no Estádio Metropolitano de Pituaçu, em duelo pela 5ª rodada do Campeonato Baiano. Aos 31 minutos do segundo tempo, o meia Gabriel Santiago (que havia entrado aos 12 minutos do 2º tempo, substituindo a Alisson Farias) acabou retirado de campo, após tentar dominar a bola; ao girar o corpo, sofreu a torção no joelho. O jogador saiu chorando e recebeu os primeiros atendimentos no vestiário do Estádio de Pituaçu. A suspeita é de lesão no joelho direito. De acordo com o coordenador médico do clube, Ivan Carilo, o jogador será avaliado nesta quinta-feira (18) por ocasião da reapresentação do time.

 

O técnico Rodrigo Chagas lamentou a lesão e torce para que não seja grave. “Espero que não seja nada demais com o garoto. Estamos torcendo pelo Gabi, que ele possa se recuperar, que não seja o que todos nós estamos pensando”, lamentou o técnico Rodrigo Chagas na entrevista coletiva pós-jogo.

Com o empate no Ba-Vi, o Bahia chega aos 5 pontos dos 15 possíveis e segue na 7ª colocação, enquanto o Vitória também tem 5 pontos, mas aparece na 6ª colocação e com dois jogos a menos. O próximo compromisso da equipe de Cláudio Prates é no domingo (21), às 16h, contra o Fluminense de Feira, no Estádio Joia da Princesa, pela 6ª rodada do Baiano. Já o time de Rodrigo Chagas tem compromisso no sábado (20), às 20h30, contra o Sampaio Corrêa, pela 4ª rodada da Copa do Nordeste, no Estádio Castelão, em São Luís do Maranhão.

 

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*