Palmeiras bate o Grêmio e larga na frente na final da Copa do Brasil

Gustavo Gómez marcou o gol do Palmeiras no primeiro tempo

Aconteceu na noite deste domingo o primeiro duelo da grande final da Copa do Brasil, último título disputado da temporada 2020. O Grêmio busca o seu sexto título do torneio para igualar o Cruzeiro, que conquistou em 1993, 1996, 2000, 2003, 2017, 2018). O time gaúcho foi campeão pela última vez em 2016 e também sagrou-se campeão nas edições de 1989, 1994 e 1997. Já o Palmeiras, atual campeão da Libertadores e comandado por Abel Ferreira, pode superar Corinthians e Flamengo no torneio nacional. Todos já foram campeões três vezes, sendo que o Verdão levantou a taça em 2015, além de 1998 e 2012.

 

Nos primeiros 90 minutos, quem levou a melhor foi o Palmeiras que venceu por 1 a 0 em Porto Alegre, triunfo que foi bastante comemorado pelos palmeirenses, principalmente pelas circunstâncias do jogo no segundo tempo. O Verdão era superior, abriu o placar com o zagueiro Gustavo Gómez de cabeça aos 31 minutos do primeiro tempo, teve chances claras de aumentar com Luiz Adriano e Rony, mas aos 19 minutos da etapa final, o cenário mudou completamente com a expulsão do zagueiro Luan que deu uma cotovelada no atacante Diego Souza.

O Grêmio, com um a mais, passou a pressionar em busca do empate e sufocou o Palmeiras, mas não conseguiu o gol de empate e vai com desvantagem para o duelo de volta, que ocorre no domingo que vem, às 18h, no Allianz Parque, em São Paulo. O time paulista joga pelo empate para conquistar o título, enquanto a equipe gaúcha precisa vencer por um gol de diferença para forçar a disputa por pênaltis ou dois gols de diferença para levantar a taça. Vale lembrar que na Copa do Brasil não existe mais o gol fora como critério de desempate.

 

 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*