Após Diniz e Raí, Daniel Alves também deve deixar o São Paulo

assim que aparecer uma oferta, ele será liberado pelo clube

Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

O São Paulo deu indícios que de voltaria a conquistar um título de expressão após muito tempo na fila, chegou a abrir 7 pontos na liderança do Campeonato Brasileiro em dezembro do ano passado, no entanto, o time caiu de produção e amargou seis jogos seguidos sem vencer (dois empates e quatro derrotas) em janeiro, saindo da primeira colocação e caindo para o 4º lugar, ficando 7 pontos atrás do líder Internacional. Além de ter ficado distante da taça, o São Paulo passa a correr risco de perder a vaga direta na Copa Libertadores para o Fluminense, atual 5º colocado.

 

No último domingo, o Tricolor Paulista perdeu para o Atlético-GO, sendo o fim da linha para o técnico Fernando Diniz que foi demitido nesta segunda-feira após reunião com a diretoria. O ex-jogador e diretor de futebol Raí também deixou o clube. Vizolli será o treinador interino até o final do Brasileiro, enquanto se busca outro técnico.

Além de Diniz e Raí, quem também não ficará no São Paulo é o meia Daniel Alves. De acordo com informação do Blog do Menon, no UOL, assim que aparecer uma oferta, ele será liberado pelo clube, apurou a coluna. Talvez em troca da dívida do São Paulo com ele. O rendimento não foi o esperado e o salário é muito alto. “Impagável”, pela atual situação vivida pelo clube. A dívida é de $ 570 milhões. A folha salarial é de $ 17 milhões. Por isso, Juanfran não fica. E a diretoria tentará renegociar, para menos, é claro, o salário de Hernanes.

Comentários:

1 Comentário

1 Trackback / Pingback

  1. CBF detalha últimas rodadas da Série A; veja compromissos do Bahia

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*