Após acesso, técnico deixa o Juventude para comandar equipe paulista

O motivo da saída foi um pedido do procurador de Pintado

Após conquistar o acesso à elite do futebol nacional, o técnico Pintado não fica no Juventude para a próxima temporada. Nesta segunda-feira, o clube gaúcho anunciou a saída do treinador de 55 anos, em comum acordo. O motivo da saída foi um pedido do procurador de Pintado, que é responsável por gerir a Ferroviária-SP e quer o treinador para comandar a equipe no Campeonato Paulista. Pintado, que tem passagens por São Paulo, São Caetano, Ponte Preta, entre outros clubes, chegou ao Juventude em março de 2020, e além de conquistar o acesso à Série A, também levou a sua equipe para as quartas de final da Copa do Brasil. Ao todo, foram 46 jogos à frente do Alviverde, com 20 vitórias, 11 empates e 15 derrotas. Sua estreia aconteceu no dia 23 de julho.

 

VEJA A NOTA

“O técnico Pintado está deixando o Esporte Clube Juventude. A definição ocorreu na tarde desta segunda-feira, em comum acordo entre o profissional e a diretoria do Esporte Clube Juventude. A decisão envolve a Ferroviária, de São Paulo. O clube é atualmente gerido pelo procurador de Pintado, que solicitou sua ida para a disputa do Campeonato Paulista.

O Esporte Clube Juventude deseja todo sucesso e boa sorte a Pintado neste novo desafio, reiterando que o profissional deixou as portas abertas no Alfredo Jaconi e no coração da torcida Jaconera, deixando seu nome marcado na história Alviverde!”

 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*