Tentando tirar leite de pedra, Vitória encara o Avaí para abrir 4 pontos do Z4

Vitória pode respirar na Série B se vencer o Avaí nesta quarta-feira

Foto - Pietro Carpi/ECV

A 34ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B está praticamente finalizada com a conclusão de oito jogos intercalados entre a segunda e terça-feira. Todas as partidas importantes envolvendo os clubes que lutam para o acesso já foram resolvidos valendo como destaque as derrotas de Juventude e CSA, aliás, atrasos que beneficiaram de sobremaneira o Cuiabá que segue em terceiro lugar e cada dia mais próximo de disputar da Série A pela primeira vez em toda a sua história. Porém, o destaque maior foram os acessos com antecedência do América Mineiro e da Chapecoense.

 

Nesta quarta-feira apenas dois jogos sem qualquer interferência na parte de cima da tabela, porém, pode decretar o rebaixamento do Oeste que enfrenta o Cruzeiro no Estádio do Mineirão. Um simples empate o time de empresário de Barueri estará na Série C no próximo ano. O jogo como todos do Cruzeiro à noite será realizado às 21h30.

Mas cedo, às 19h15, será a vez do Esporte Clube Vitória tentar se aproveitar do empate do Náutico e da derrota do Figueirense para abrir quatro pontos do Paraná primeiro do Z4, enfrentando o Avaí no Estádio da Ressacada, em Florianópolis. Pesa contra o Leão a pouca vocação para triunfos, notadamente quando atuando fora de casa, até então obteve apenas uma vitória em 16 jogos. No entanto, nesta altura do campeonato e diante da pouca qualidade do elenco e da própria campanha rubro-negra, um empate ainda poderá visto como um bom resultado, porém, vai levar o barco do sofrimento até a última rodada.

O adversário do Leão ainda nutre alguma esperança de acesso, especialmente após um autêntico festival de tropeços dos seus adversários diretos. O Guarani caiu para o CRB, CSA perdeu para o Paraná, a Ponte Preta apenas empatou com o Cuiabá, além de derrota do Juventude para o Grêmio Brasil de Pelotas. Portanto, um triunfo simples conduz o time catarinense para a boca do G4. Contabiliza 50 pontos, assume a sexta colocação com apenas com 2 pontos abaixo do CSA e Juventude.

Avaí, que começou a competição com o técnico Geninho, faz uma campanha de altos e baixos, especialmente quando atuando dentro do estádio da Ressacada, seu reduto oficial e onde encara o Vitória hoje à noite. Na Ressacada, o Avaí faz o estilo TUDO OU NADA. Até a última rodada foram 16 jogos, perdeu 7 e venceu 7, registrando apenas dois empates. Dentro de casa, o time agora comandado pelo técnico Claudinei Oliveira experimentou derrotas contundentes do tipo 3 x 0 para o Oeste já rebaixado, e 5 x 2 do Sampaio Corrêa, além da derrota para o Botafogo de Ribeirão Preto também praticamente rebaixado.

Para completar o quadro, o Avaí não vence na Ressacada já há quatro jogos, sendo que neste período sofreu três derrotas (Oeste, Chapecoense e CRB) e um empate contra o Cruzeiro. Dos 47 pontos contabilizados o Avaí conquistou 23 dentro de casa e 24 atuando como visitante. O time não tem destaque que mereça uma atenção em especial, exceto o uruguaio Gastón Rodriguez que veio através de empréstimo do Racing da Argentina. O jogador é irmão de Maxi Rodriguez, que atuou por Grêmio e Vasco com certo sucesso. O atacante é o artilheiro do time anotando 5 gols.

JOGOS DA 34ª RODADA DA SÉRIE B

SEGUNDA, 11/01
17h30 – Ponte Preta 2 x 2 Cuiabá
20h00 – CRB 2 x 0 Guarani
20h00 – Confiança 1 x 2 Operário

TERÇA, 12/01
19h15 – Botafogo-SP 2 x 1 Sampaio Corrêa
19h15 – Paraná 2 x 0 CSA
19h15 – Brasil de Pelotas 2 x 1 Juventude
19h15 – Náutico 0 x 0 América-MG
21h30 – Chapecoense 2 x 1 Figueirense

QUARTA, 13/01
19h00 – Avaí x Vitória
21h30 – Cruzeiro x Oeste

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*