Cuiabá conquista acesso e vai disputar a Série A pela 1ª vez na sua história

Cuiabá contou com o tropeço do CSA e já garantiu vaga na Elite

O Cuiabá está na Série A do Campeonato Brasileiro!!! O time mato-grossense, que entra em campo na noite desta sexta-feira (22) para enfrentar o Sampaio Corrêa, às 21h30, na Arena Pantanal, encerrou a rodada passada precisando de mais um ponto para sacramentar o acesso, porém, antes mesmo de entrar em campo, já garantiu sua presença na Série A 2021 após o empate do CSA com o Brasil de Pelotas no Estádio Rei Pelé. Com 61 pontos, o Cuiabá não pode mais ser alcançado pelo 5º colocado, portanto, é o terceiro time a garantir vaga na elite do futebol nacional para a edição 2021. Antes dele, Chapecoense e América-MG já haviam conquistado o acesso. A última vaga será decidida entre CSA e Juventude. Avaí corre por fora, mas para seguir com chances de acesso, precisa vencer neste sábado o Guarani no Estádio da Ressacada.

 

Bicampeão da Copa Verde (2015 e 2019), nove vezes campeão do Campeonato Mato-Grossense (2003, 2004, 2011, 2013, 2014, 2015, 2017, 2018 e 2019) e campeão da Copa Federação Mato Grossense de Futebol (2010), o Cuiabá foi vice-campeão da Série C em 2018 perdendo a final para o Operário de Ponta Grossa, mas conquistou o acesso à Série B. Em 2019, terminou na 8ª colocação. Iniciou a competição em 2020 sendo comandado pelo técnico Marcelo Chamusca, ex-Vitória, mas o treinador baiano preferiu abandonar o bom trabalho que vinha fazendo para assumir o Fortaleza, ficando pouco tempo e sendo demitido do Leão do Pici. Allan Aal, ex-Paraná, foi contratado para substituir Chamusca em novembro.

Cuiabá será o quarto time do Matogrosso a disputar a primeira divisão do Campeonato Brasileiro (após a emancipação política do Mato Grosso do Sul). Os também cuiabanos Dom Bosco e Mixto e, na região cuiabana, o Operário, de Várzea Grande. Em 1977, o Operário – não o de Várzea Grande, supracitado, mas o de Campo Grande – fez campanha histórica, chegando às semifinais do Campeonato Brasileiro, eliminado pelo São Paulo. A equipe foi à competição como representante do Mato Grosso, pois na época, o desmembramento do Mato Grosso do Sul ainda não havia sido completado. Ainda em 1977, foi sancionada a divisão.

O Dom Bosco jogou sua última Série A em 1979, aquela conhecida por ser a mais “inflada” – 94 clubes foram à disputa – a equipe chegou à segunda fase da competição. O Mixto foi à disputa da elite em 1985, na chamada Taça de Ouro. O Alvinegro disputou o Grupo C e avançou à fase seguinte, um quadrangular que definiria os semifinalistas. Dando má sorte de cair no grupo com Bangu (vice-campeão daquele torneio), Internacional e Vasco, deixou a competição. No ano seguinte, foi a vez do Operário de Várzea Grande disputar a primeira divisão pela última vez, mas acabou na lanterna entre os 48 clubes.

 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*