Bahia vence o Corinthians, deixa o Z4 e ganha sobrevida na Série A

Bahia deixou a zona de rebaixamento e ganhou um respiro na Série A

Foto - Jhony Pinho/AGIF

Com uma semana turbulenta, marcada por protesto e conversa entre torcedores, Bellintani e os jogadores no CT, o Esporte Clube Bahia entrou em campo esta noite pressionado e iniciou o jogo muito mal, quase uma repetição do segundo tempo da partida contra o Sport, e dando indícios de que iria amargar mais um vexame no Campeonato Brasileiro. No entanto, depois dos primeiros 30 minutos, acordou em campo e resolveu jogar bola, sendo eficiente para buscar os gols e vencer o Corinthians pelo placar de 2 a 1 na Arena Fonte Nova, em duelo atrasado da 30ª rodada, triunfo importantíssimo e necessário para o Tricolor deixar a zona de rebaixamento e ganhar uma sobrevida na competição.

 

Com o triunfo, o Bahia chegou aos 35 pontos e saltou para a 16ª colocação, jogando o Fortaleza (que também tem 35) na zona de rebaixamento pelo critério do número de triunfos, empatando com o Sport (15º com 35) e ficando um ponto abaixo do Vasco (14º com 36), seu próximo adversário. Já o Corinthians amarga sua segunda derrota seguida e cai para o 10º lugar, com 45 pontos, ficando mais distante do G-6.

Até os 29 minutos, o Bahia não havia criado uma chance sequer. Enquanto isso, o Corinthians pressionava e aos 28, teve sua melhor chance com Jô parando em boa defesa de Douglas. Porém, aos 30 minutos, Rossi cruzou, Cássio (que comemorava 500 jogos pelo Timão) rebateu mal e Ronaldo finalizou. A bola encontrou Gilberto, entre os zagueiros, e o camisa 9 mandou de cabeça para o fundo da rede. O VAR ainda demorou 3 minutos tentando achar alguma ilegalidade, mas não teve “sorte”. Atrás no placar, o Timão foi para cima em busca do empate e teve um gol (bem) anulado, mas uma saída errada foi crucial. Aos 49, Thiago recebeu e tocou para Índio Ramírez, que até tinha Gilberto pela direita, mas usou seu talento para marcar um golaço, driblando Fábio Santos e Gil, e tocando por debaixo de Cássio.

Logo aos 2 minutos do segundo tempo, o Bahia teve a chance de anotar o terceiro, com passe genial de Rossi achando Thiago livre, mas o jovem atacante finalizou em cima de Cássio. Aos 8 minutos, os corintianos infernizaram a vida do árbitro para marcar um pênalti de Gregore, que estava com o braço colado ao corpo. No momento da confusão, Rossi e Gregore trocaram farpas em campo. Minutos depois, Juninho Capixaba perdeu uma boa oportunidade, e aos 25, veio o castigo. Gabriel recebeu na área e descontou para o Timão, deixando o segundo tempo dramático, mas o Esquadrão conseguiu segurar a pressão corintiana e o resultado, e conquistar os 3 importantes pontos.

O próximo compromisso do Esporte Clube Bahia é no domingo, às 16h, contra o Vasco da Gama, no Estádio de São Januário, um autêntico duelo de seis pontos. O time cruzmaltino ocupa a 14ª colocação, com 36 pontos.

FICHA TÉCNICA
BAHIA 2 X 1 CORINTHIANS
Campeonato Brasileiro – 30ª rodada

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data e Hora: 28/01/2021 (quinta-feira), 19h
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)

GOLS: Gilberto e Índio Ramírez (Bahia) / Gabriel (Corinthians)

BAHIA
Douglas; Nino Paraíba, Lucas Fonseca (Juninho), Ernando e Matheus Bahia (Juninho Capixaba); Gregore, Ronaldo, Índio Ramirez (Ramon), Rossi (João Pedro) e Thiago; Gilberto (Alesson). Técnico: Dado Cavalcanti.

CORINTHIANS
Cássio, Fagner, Bruno Méndez, Gil e Fábio Santos (Raul Gustavo); Gabriel, Cantillo (Ederson), Gustavo Silva (Gabriel Pereira), Mateus Vital (Camacho) e Araos (Jonathan Cafu); Jô. Técnico: Vagner Mancini.

 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*